August 8, 2019 / 5:33 PM / in 2 months

Senado dará sua contribuição em reformas, diz Sachsida

SÃO PAULO (Reuters) - O Congresso está sendo um “grande parceiro” do governo na agenda de reformas e temos certeza que o Senado dará sua “contribuição” ao aprovar a reforma da Previdência, disse nesta quinta-feira o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida.

“Olha a magnitude... olha a beleza da aprovação da Nova Previdência... A Câmara deu show, e o Senado com certeza vai dar sua contribuição também,”, disse Sachsida em evento em São Paulo.

Para o secretário, “não há do que reclamar” da economia prevista pelo texto aprovado pela Câmara —de cerca de 900 bilhões de reais ao longo de 10 anos. O projeto inicial previa economia de mais de 1 trilhão de reais para o período.

Sobre a liberação do FGTS, Sachsida destacou que a medida “não é conjuntural, é estrutural” e que o saque imediato dos recursos faz parte de um “programa maior”.

O governo estima que a liberação de 42 bilhões de reais em recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep vai impulsionar a economia em 0,35 ponto percentual num prazo de 12 meses.[nL2N24P1H5]

Por José de Castro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below