August 9, 2019 / 10:34 AM / a month ago

Preços ao produtor da China caem pela 1ª vez em 3 anos e surgem temores de deflação

Bandeira da China em Pequim 27/05/2019 REUTERS/Jason Lee

PEQUIM (Reuters) - Os preços ao produtor da China recuaram pela primeira vez em três anos em julho, provocando preocupações de deflação e aumentando a pressão sobre o governo para adotar mais estímulo em meio à intensificação da disputa comercial com os Estados Unidos.

Com a demanda desacelerando tanto interna quanto externamente, as indústria chinesas estão tendo que cortar os preços para manter a fatia de mercado, reduzindo as margens de lucro e desencorajando novos investimentos.

O índice de preços ao produtor da China caiu 0,3% em julho sobre o ano anterior, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Estatísticas,

Em junho os preços ficaram estáveis e a expectativa em pesquisa da Reuters era de queda de 0,1%.

Foi a primeira contração na comparação anual desde agosto de 2016.

Já a inflação ao consumidor da China acelerou para a máxima de 17 meses em julho, devido principalmente ao salto nos preços de carne suína e outras proteínas devido ao prolongado surto da febre suína africana, e ao clima seco em regiões produtoras de frutas.

O índice de preços ao consumidor subiu 2,8% sobre o ano anterior, um pouco acima das expectativas e da taxa de junho. Na comparação mensal, o índice subiu 0,4% em julho após queda de 0,1% em junho.

Reportagem de Yawen Chen e Ryan Woo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below