August 14, 2019 / 2:33 PM / 7 days ago

Ação da Kroton desaba após resultado aquém do esperado, alta em taxa de evasão

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Kroton chegaram a recuar 7% na bolsa paulista nesta quarta-feira, liderando as perdas do Ibovespa, após balanço do segundo trimestre, com resultados aquém das expectativas, bem como aumento na taxa de evasão dos alunos no período.

Gráfico de cotação da ação da Kroton do terminal Eikon da Refinitiv nesta semana

O grupo reportou lucro líquido ajustado de 266,7 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 44,2% em relação ao mesmo período do ano passado, o que atribuiu a despesas com aquisição da Somos e depreciação de investimentos nos últimos anos.

Entre abril e junho, lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou 624,8 milhões de reais, queda de apenas 4,3%, enquanto a margem Ebitda caiu de 42,8% para 35,9%.

Analistas esperavam, em média, lucro líquido de 301 milhões de reais e Ebitda de 733,5 milhões de reais, conforme dados da Refinitiv.

Às 11:24, os papéis cediam 5,74%, a 12,16 reais, após caírem 7,05%, a 11,99 reais, na mínima da sessão. O Ibovespa cedia 1,86%.

No final de junho, a Kroton apresentava uma base de 888,37 mil alunos no ensino superior, sendo 361,42 mil no presencial e 526,95 mil no ensino à distância (EAD). Um ano antes, eram 936,89 mil, 393,50 mil e 543,39 mil, respectivamente.

A taxa de evasão na graduação aumentou para 6,8% no segmento presencial, contra 5% um ano antes, e para 8,3% no EAD, ante 6,5% no segundo trimestre de 2018.

“A manutenção de um alto nível de desemprego e a lenta recuperação econômica também contribuem para pressionar os indicadores de evasão”, destacou a Kroton no material do balanço.

A provisão para créditos de liquidação duvidosa (PCLD) total do ensino superior também subiu, apresentando alta de 0,8 ponto percentual em relação ao mesmo período do ano anterior, para 13,1% da receita líquida.

Embora tenha destacado positivamente o crescimento do ticket médio do ensino superior no trimestre, de 6,7% no segmento presencial e de 5% no EAD, a analista do UBS Maria Tereza Azevedo considerou os números fracos, ressaltando uma perspectiva ainda desafiadora para o segmento de educação.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below