August 27, 2019 / 11:07 PM / a month ago

Rio Grande do Sul pode ter novo recorde de produção soja, rivaliza com Paraná

Plantio de soja em Cruz Alta (RS) 29/02/2008 REUTERS/Inae Riveras

SÃO PAULO (Reuters) - O Rio Grande do Sul poderá colher uma safra recorde de quase 20 milhões de toneladas de soja em 2019/20, estimou nesta terça-feira a Emater, órgão ligado ao governo gaúcho, prevendo aumentos de cerca de 2% no plantio e de 4,3% na produtividade média, na comparação com a temporada passada.

A área plantada chegaria a 5,9 milhões de hectares de soja, com uma rendimento agrícola de 3,3 toneladas por hectare, informou a Emater ao apresentar em Esteio (RS), durante a 42ª Expointer, a primeira estimativa de área, produção e produtividade das principais culturas de verão no Estado.

“Consideramos os números bastante assertivos, porque temos uma amostra bastante forte para chegar à essa conclusão”, disse o presidente da Emater, Geraldo Sandri, ressaltando que o levantamento envolveu 98% das áreas que plantam soja no Estado.

Caso a estimativa de produção de soja de 19,7 milhões de toneladas seja atingida, dependendo das condições climáticas para a safra que ainda será plantada, o Rio Grande do Sul disputaria com o Paraná o posto de segundo maior produtor de soja do país, atrás de Mato Grosso.

Sandri lembrou que a soja impulsionará o crescimento da produção de grãos de verão do Estado, prevista em 33,2 milhões de toneladas, considerando também milho, arroz e feijão, aumento de 5,76% ante 2018/19.

“É uma super safra chegando”, destacou.

Na safra passada, o Rio Grande do Sul superou o Paraná na produção de soja, mas em meio a uma quebra pela seca nas lavouras paranaenses.

A produção do Paraná atingiria 19,772 milhões de toneladas em 2019/20, ante 16,2 milhões na temporada anterior, com a recuperação das produtividades. Embora a produção paranaense possa subir mais de 20%, a área plantada está estimada para crescer 1%, de acordo com o governo do Estado.

O Mato Grosso, por sua vez, tem a safra de soja estimada em um recorde de 32,83 milhões de toneladas em 2019/20, alta de 1% ante a temporada passada, quando algumas regiões tiveram problemas climáticos, segundo a mais recente estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below