August 28, 2019 / 11:34 PM / 19 days ago

Banco central argentino diz que seguirá com restrição monetária e intervenção no câmbio

Presidente do banco central da Argentina, Guido Sandleris, durante entrevista coletiva em Buenos Aires 20/08/2019 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central da Argentina continuará com a política monetária restritiva e intervenções no mercado de câmbio para moderar a volatilidade da moeda, disse o presidente da entidade, Guido Sandleris, em comunicado nesta quinta-feira.

     Antes, o ministro da Fazenda, Hernán Lacunza, anunciou que a Argentina iniciará um processo para estender os vencimentos de sua dívida com credores privados e com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

     “As decisões tomadas priorizam o uso de reservas internacionais para preservar a estabilidade monetária e financeira, mesmo que isso implique atrasar o pagamento a grandes investidores de dívida pública”, disse Sandleris no comunicado.

(Reportagem de Eliana Raszewski)

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below