August 29, 2019 / 10:35 AM / 3 months ago

China espera que EUA criem condições necessárias para discussões comerciais em setembro

Bandeiras dos Estados Unidos e da China 30/07/2019 REUTERS/Aly Song

PEQUIM (Reuters) - A China e os Estados Unidos estão discutindo a próxima rodada de negociações comerciais presenciais marcada para setembro, mas as expectativas de avanço dependem da capacidade dos EUA de criarem condições favoráveis, disse nesta quinta-feira o Ministério do Comércio da China.

Na mais recente intensificação da guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou uma taxa adicional de 5% sobre cerca de 550 bilhões de dólares em produtos chineses.

A medida foi anunciada horas depois de a China divulgar tarifas retaliatórias sobre 75 bilhões de dólares em mercadorias norte-americanas.

A China espera que os EUA possam cancelar as tarifas adicionais planejadas para evitar uma piora da disputa, disse o porta-voz do Ministério do Comércio, Gao Feng, a repórteres nesta quinta-feira.

“O mais importante no momento é criar condições necessárias para ambos os lados continuarem com as negociações”, disse ele.

Gao reiterou que a China tem “amplas” medidas retaliatórias se Washington seguir em frente com as tarifas, mas que quer resolver a questão calmamente.

Gao também se recusou a fornecer qualquer detalhe quando questionado se houve um telefonema nesta semana entre os dois países.

“Até onde eu sei, ambas as equipes comerciais vêm mantendo comunicação efetiva”, disse ele.

Reportagem de Stella Qiu e Se Young Lee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below