September 2, 2019 / 2:37 PM / 19 days ago

Ibovespa oscila sem viés claro em dia com feriado nos EUA

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista não mostrava um viés definido nesta segunda-feira, em sessão sem a referência de Wall Street por feriado nos Estados Unidos, com as ações da Vale ajudando do lado positivo, em meio à alta dos preços do minério de ferro na China.

REUTERS/Paulo Whitaker

Às 11:31, o Ibovespa subia 0,29 %, a 101.423,62 pontos, já tendo oscilado da mínima de 100.921,11 pontos à máxima de 101.528,44 pontos. O volume financeiro somava 2,598 bilhões de reais.

Profissionais da área de renda variável aguardam sessão com liquidez bem reduzida por causa do feriado nos EUA, mesmo com toda a volatilidade presente nos mercados, que muitos avaliam que deve perdurar no mês de setembro, em razão de fatores como o o recrudescimento da guerra comercial EUA-China, entre outros.

“É provável que o mercado continue frágil e com muita volatilidade neste mês de setembro, onde a consequência já nítida em nossos olhos é a desaceleração da economia mundial”, afirmou a equipe do BTG Pactual em nota distribuída pela área de gestão de recursos do banco.

DESTAQUES

- VALE ON tinha alta de 1,47%, depois que os futuros do minério de ferro na China saltaram 6% nesta segunda-feira, para máxima de duas semanas, impulsionados por uma robusta demanda no curto prazo e após o governo chinês ter prometido oferecer maior apoio à economia do país. BRADESPAR PN, holding que concentra seu investimentos em Vale, mostrava elevação de 1,72%.

- TELEFÔNICA BRASIL PN subia 2,05%. A equipe do Safra incluiu a ação em sua carteira recomendada para setembro citando que se trata de uma boa história para quem procura por alternativas em dividendos, além da perspectiva positiva relacionada à aprovação da PLC 79/2016, “que deve dar mais flexibilidade para as empresas do setor otimizarem seus investimentos, e por consequência melhorarem rentabilidade.”

- ULTRAPAR ON avançava 2,19%, ensaiando uma recuperação após acumular perda de 16,5% em agosto. PETROBRAS BR, por sua vez, caía 0,83%.

- IRB BRASIL ON recuava 1,51%, em sessão de ajustes após forte valorização no mês passado, quando acumulou ganho de 14,2%. Na mesma linha, B3 ON cedia 0,98%, após fechar agosto com alta acumulada de 6,2%.

- ITAÚ UNIBANCO PN cedia 0,15%, enquanto BRADESCO PN subia 0,55%, em sessão sem viés claro para os bancos do Ibovespa, com BANCO BTG PACTUAL UNIT estreando no índice em alta de 1,50%. BANCO DO BRASIL mostrava variação positiva de 0,37%.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON rondavam estabilidade, em sessão de fraqueza dos contratos futuros do petróleo no mercado internacional, com o Brent em baixa de 0,78%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below