September 3, 2019 / 2:14 PM / 12 days ago

IPOs dos EUA esperam alívio na volatilidade do mercado de ações

NOVA YORK (Reuters) - Empresas norte-americanas que planejam lançar ofertas públicas iniciais de ações (IPOs) nas próximas semanas esperam que a crise de volatilidade do mercado acionário diminua este mês, de acordo com bancos de investimentos e advogados do mercado de capitais que os assessoram.

12/08/2019 REUTERS/Eduardo Munoz/File Photo - RC1CD74A0520

A guerra comercial entre Estados Unidos e China provocou uma gangorra no mercado acionário em agosto. O índice de volatilidade, indicador do medo de Wall Street, aumentou cerca de 12% no mês passado, o segundo maior salto mensal até agora em 2019. O mês passado também foi o pior agosto para as ações nos EUA em quatro anos.

A volatilidade do mercado pode impedir que os IPOs avancem, porque torna difícil para os bancos de investimento precificar as ofertas. No entanto, agosto é tradicionalmente um mês lento para IPOs devido às férias de verão. Apenas sete IPOs foram feitos no mês passado.

Por outro lado, quase 70 empresas se registraram na Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais norte-americano) para uma abertura de capital, de acordo com a empresa de pesquisa Renaissance Capital, que estima que as empresas poderiam levantar mais de 15 bilhões de dólares de setembro até o final de 2019.

A We Company, proprietária do WeWork, a plataforma de entrega de alimentos Postmates e a startup fitness Peloton Interactive estão entre as empresas que devem lançar IPOs até o final do ano. Os representantes das três empresas se recusaram a comentar seus planos de abertura de capital.

O mercado de IPOs dos EUA normalmente volta à velocidade máxima quando executivos de bancos de investimentos e investidores retornam ao trabalho após o feriado do Dia do Trabalho na segunda-feira.

Até agora em 2019, as empresas levantaram 36,5 bilhões de dólares por meio de IPOs, um pouco abaixo do mesmo momento de 2018, mas o terceiro ano mais ativo desde a crise financeira de 2008, segundo o provedor de dados financeiros Refinitiv.

Embora as ações dos dois IPOs de maior destaque deste ano, a Uber e a Lyft, tenham tido um desempenho fraco após a sua listagem, a maioria dos IPOs teve um bom desempenho em 2019.

O fundo de IPOs negociado na bolsa da Renaissance Capital subiu mais de 30% até agora em 2019, quase o dobro da alta do índice S&P 500 no mesmo período. Empresas com bom desempenho em seu IPO incluem a fabricante de hambúrgueres de origem vegetal Beyond Meat e a empresa de videoconferências Zoom Video Communications.

“As condições podem mudar com um tuíte (como o do presidente dos EUA, Donald Trump), mas, quando você olha para o cenário geral do mercado, parece que talvez não seja perfeito, mas ainda muito bom para as ofertas públicas iniciais”, disse Mike O’Donovan, sócio do negócio de consultoria estratégica banco de investimento PJT Partners.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below