September 12, 2019 / 3:18 PM / 2 months ago

Dólar cai a mínimas em 3 semanas com otimismo comercial e estímulos do BCE

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava em queda contra o real nesta quinta-feira, em dia majoritariamente positivo nos mercados externos, na esteira de notícias positivas sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China e anúncio de estímulos pelo Banco Central Europeu (BCE).

REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

Às 12:13, o dólar recuava 0,19%, a 4,0568 reais na venda. Na mínima da sessão, o dólar chegou a tocar 4,0273 reais, menor nível desde 22 de agosto.

Na B3, o dólar futuro recuava 0,45%, a 4,0550 reais.

Para Jefferson Laatus, sócio fundador do Grupo Laatus, o real se beneficiava de um clima mais otimista presente nos mercados externos, após notícia sobre o adiamento de tarifas dos EUA sobre produtos chineses.

“A guerra comercial tem sido o pilar de maior incerteza nos mercados e qualquer notícia boa sobre o assunto reflete em mais otimismo. A sinalização positiva antes das reuniões presenciais aumenta as expectativas de um acordo.”

Também compactuando para o cenário mais positivo, nesta quinta-feira o BCE cortou sua taxa de depósito em 10 pontos-base, para uma mínima recorde de -0,5%; prometeu que as taxas permaneceriam baixas por mais tempo e disse que reiniciaria as compras de títulos a um ritmo de 20 bilhões de euros por mês a partir de 1º de novembro.

O dólar perdia contra grande parte de suas divisas, com as moedas emergentes pares do real, como lira turca e rand sul-africano, se valorizando em 1,4% e 0,42% contra o dólar, respectivamente. O iene, considerado um ativo seguro, estendia suas perdas pelo segundo dia, indicando maior apetite por risco nos mercados.

As atenções agora se voltam para a reunião de política monetária do Federal Reserve em 17 e 18 de setembro, com os juros futuros dos EUA indicando que operadores vendo mais de 90% de chance de o Fed cortar juros em 0,25 ponto percentual na próxima reunião, de acordo com a ferramenta Fedwatch do CME Group.

O mercado também vai monitorar a partir de agora a reunião do Copom, que divulga sua decisão de política monetária no mesmo dia que o Fed.

Na cena doméstica, o BC vendeu 300 milhões de dólares dos 580 milhões de dólares em moeda física nesta quinta-feira e negociou ainda 6 mil contratos de swap cambial reverso dos 11.600 ofertados —nos quais assume posição comprada em dólar.

Adicionalmente, a autarquia vendeu 5.600 contratos de swap cambial tradicional, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de novembro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below