April 23, 2020 / 5:24 PM / 3 months ago

Líderes da UE caminham para ajuda conjunta para recuperação diante de coronavírus

19/02/2020. REUTERS/Yves Herman

BRUXELAS (Reuters) - Os líderes da União Europeia avançaram nesta quinta-feira em direção ao financiamento conjunto de uma recuperação econômica após a pandemia de coronavírus, concordando em pedir à Comissão Europeia que resolva os detalhes desse estímulo comum, disseram fontes da UE.

Fontes diplomáticas após a videoconferência dos 27 líderes do bloco disseram que a discussão foi menos amarga do que há um mês.

Mas as mesmas divergências foram claramente expressas por quatro países austeros UE - Áustria, Dinamarca, Suécia e Holanda - que se opõem à ajuda de recuperação por meio de subvenções.

A região mais ampla do norte, que também inclui a Alemanha, falou a favor de vincular um novo Fundo de Recuperação ao próximo Orçamento de longo prazo do bloco para 2021 a 2027, disseram as fontes.

Do outro lado da divisão estava o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, que, de acordo com uma autoridade da UE, disse a seus colegas:

“O montante do Fundo de Recuperação deve ser de 1,5 trilhão de euros e fornecer subsídios aos Estados membros. As subvenções são essenciais para preservar o mercado único, condições equitativas e garantir uma resposta simétrica a um choque assimétrico.”

Um diplomata da UE disse que “eles avançaram sem um verdadeiro consenso. Agora, cabe à Comissão resolver o problema”.

Por Gabriela Baczynska, Francesco Guarascio e Robin Emmott

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below