April 23, 2020 / 5:54 PM / a month ago

Dona da Estapar desafia crise com 1º IPO pós-coronavírus

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora de estacionamentos Allpark, dona da rede Estapar, planeja concluir uma oferta pública inicial de ações (IPO) em maio que pode chegar a 387,8 milhões de reais e que pode marcar a primeira do país após a pandemia de coronavírus.

A empresa fixou a faixa de preço de sua oferta entre 10,50 e 13 reais por ação, de acordo com prospecto divulgado ao mercado. O preço final será fixado em 13 de maio.

A operação pode movimentar cerca de 400 milhões de reais, considerando a venda de 28,6 milhões de ações na oferta primária, 1,234 milhão de papéis ofertados por atuais sócios, além da eventual subscrição de lotes adicionais.

A maior parte dos recursos da operação devem ser usados para pagar uma concessão de parceria público-privada com a cidade de São Paulo para gerenciar o estacionamento de rua.

BTG Pactual, Bradesco, Santander Brasil e Banco do Brasil estão coordenando a oferta.

Desde a deflagração da crise mundial de Covid-19, mais de duas dezenas de empresas brasileiras que pretendiam estrear no mercado acionário cancelaram ou adiaram seus planos, na esteira da derrocada dos preços das ações.

Em março, quando a Allpark pediu registro para sua oferta, a Estapar afirmava atuar em 15 Estados do país, além do Distrito Federal, com mais de 400 mil vagas em cerca 700 unidades.

Com reportagem adicional de Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below