for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Wall St avança conforme Estados norte-americanos começam a reabrir

Fachada da bolsa de valores de Nova York, EUA 26/04/2020 REUTERS/Jeenah Moon

(Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos operavam em alta nesta segunda-feira, à medida que mais Estados norte-americanos se preparam para flexibilizar os bloqueios induzidos pelo coronavírus, enquanto os investidores se preparavam para a semana mais movimentada dos relatórios trimestrais de balanços, incluindo de empresas como Apple e Microsoft.

O sentimento de apetite por risco elevava o rendimento dos Treasuries de dez anos pela segunda sessão consecutiva, elevando o índice financeiro de Wall Street, sensível aos juros, em 2,2%. O setor de tecnologia também era um dos principais impulsos para os três índices de referência.

A medida de medo de Wall Street recuava pelo quarto dia seguido, e atingiu seu nível mais baixo em mais de sete semanas.

Colorado, Mississippi, Minnesota, Montana e Tennessee devem se juntar a vários outros Estados na reabertura dos negócios esta semana, apesar da desaprovação de especialistas em saúde, à medida que as paralisações deixam milhões de desempregados em todo o país.

Embora trilhões de dólares em estímulo tenham ajudado o S&P 500 a se recuperar quase 30% em relação às mínimas de março, analistas dizem que mais ganhos podem ser limitados em meio ao dano econômico crescente, a menos que haja progresso nos tratamentos para a doença.

Às 12:09 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,96%, a 24.003 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,152379%, a 2.869 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,07%, a 8.727 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up