for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

3M tem salto no lucro do trimestre impulsionado por máscaras contra coronavírus

Logotipo da 3M na frente do prédio da matriz da companhia, Minnesota. 4/3/2020. REUTERS/Nicholas Pfosi

BANGALORE, Índia (Reuters) - O conglomerado industrial 3M teve lucro trimestral acima do esperado, impulsionado por demanda maior por máscaras N95 usadas para se evitar contágio pelo novo coronavírus.

A 3M é a maior fabricante destas máscaras no mundo e viu a demanda explodir ao redor do mundo, colocando a companhia no centro de uma guerra por produtos de combate à pandemia.

Apesar disso, as restrições à circulação de pessoas ao redor do mundo prejudiram outros negócios da 3M, afirmou a companhia, que citou queda na receita de todas as unidades com exceção das unidades de produtos de saúde e de consumo.

“Acreditamos que os resultados do segundo trimestre serão especialmente desafiadores com as tendências vistas até agora em abril”, disse o presidente-executivo da 3M, Michael Roman.

A receita do primeiro trimestre subiu 2,7%, para 8,08 bilhões de dólares, superando expectativa média do mercado, de faturamento de 7,91 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

Em janeiro, a 3M afirmou que dobrou a produção de máscaras N95, que filtram 95% das partículas do ar, para 1,1 bilhão de unidades por ano.

O lucro atribuível à 3M subiu para 1,29 bilhão de dólares, ou 2,22 dólares por ação, no trimestre encerrado em 31 de março, ante 891 milhões, ou 1,51 dólar por papel, um ano antes.

Em termos ajustados, a 3M teve lucro de 2,16 dólares por ação, superando previsão média de analistas de 2,03 dólares por papel.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up