April 28, 2020 / 9:09 PM / 2 months ago

Lufthansa pode pedir proteção contra credores em negociações com governo alemão

Dois aviões do modelo A380-800, da Airbus, operados pela Lufthansa. 23/3/2020. Arne Dedert/Pool via REUTERS

BERLIM/VIENA (Reuters) - A Lufthansa pode buscar alguma forma de proteção contra credores enquanto negocia um pacote de ajuda com o governo alemão de cerca de 9 bilhões de euros, afirmou uma fonte da companhia nesta terça-feira.

A fonte afirmou que o tipo de proteção contra credores que está sendo considerado requer que a Lufthansa esteja solvente, com a administração da empresa acompanhando a reestruturação.

Representantes da Lufthansa, que como muitas companhias aéreas do mundo foi forçada a paralisar quase todos os seus voos por causa do coronavírus, não comentaram o assunto.

O presidente-executivo da Lufthansa, Carsten Spohr, afirmou neste mês que a taxa de queima de caixa da companhia era de 1 milhão de euros por hora, o que significa que as reservas de 4 bilhões de euros da companhia não serão suficientes.

A Lufthansa atualmente transporta apenas 1% dos passageiros que costumava movimentar um ano atrás.

Por Michelle Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below