July 14, 2020 / 12:29 PM / a month ago

Importação de carne pela China no 1° semestre cresce 73,5%

Funcionários de alfândega em Yiwu, na China, checam carregamento de carne suína 15/05/2018 REUTERS/Stringer

PEQUIM (Reuters) - A China importou 4,75 milhões de toneladas de carne, incluindo miudezas, no primeiro semestre, mostraram dados da alfândega nesta terça-feira, com alta de 73,5% ante mesmo período do ano anterior.

Compradores chineses aumentaram as importações de carne depois de um colapso na produção doméstica de carne suína causado por uma epidemia de peste suína africana que varreu o país desde 2018.

A China importou 896 mil toneladas de carne em junho, segundo dados da Administração Geral de Alfândegas, alta de 9,8% ante as 813 mil toneladas em maio.

“É um número surpreendentemente alto. Os preços de porcos vivos caíram um pouco em maio, então achei que isso reduziria importações um tanto, mas isso não ocorreu”, disse Darin Friedrichs, analista sênior na StoneX.

Ele acrescentou que espera significativa redução nas importações em julho devido a questão logísticas relacionadas a testes adicionais para coronavírus em carnes importadas.

Em comunicado em separado, a alfândega disse que as importações chinesas de carne suína cresceram 140% de janeiro a junho, para 2,12 milhões de toneladas. As importações de carne bovina avançaram 42,9%, para 997 mil toneladas. Não foram divulgados dados individuais de junho.

Por Hallie Gu e Dominique Patton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below