July 14, 2020 / 2:24 PM / a month ago

China compra volume recorde de milho dos EUA; também adquire soja

Milho estocado em armazém da Sinograin em Baoding, China 08/07/2019 REUTERS/Stringer

CHICAGO (Reuters) - A China realizou sua maior compra diária de milho dos Estados Unidos, na segunda grande aquisição do cereal norte-americano pelo país asiático em menos de uma semana, enquanto tenta cumprir seus compromissos comerciais mesmo com o aumento das tensões entre Washington e Pequim.

Na última sexta-feira, a China aumentou suas previsões de importação de milho e soja para a atual temporada, esperando aumentar as compras dos Estados Unidos.

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse nesta terça-feira que os exportadores privados informaram que a China comprou 1,762 milhão de toneladas de milho para embarque no ciclo 2020/21, que começa em 1º de setembro.

O acordo superou o recorde anterior, de 1,45 milhão de toneladas de milho, estabelecido em dezembro de 1994, segundo dados do USDA.

O acordo segue-se a uma venda de 1,365 milhão de toneladas para a China, volume que foi dividido em dois anos comerciais, conforme anúncio do USDA em 10 de julho.

A China também fechou acordos para comprar 129 mil toneladas de soja na temporada 2020/21.

No acordo comercial da Fase 1 assinado com os Estados Unidos em janeiro, Pequim concordou em comprar 80 bilhões de dólares de produtos agrícolas norte-americanos nos próximos dois anos.

Reportagem de Mark Weinraub

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below