July 15, 2020 / 2:45 PM / 24 days ago

China compra milho e soja dos EUA pelo 2º dia consecutivo

Desembarque de soja no porto de Nantong, China 21/08/2018 REUTERS/Stringer

CHICAGO (Reuters) - A China realizou novas compras de milho e soja dos Estados Unidos em meio a preocupações crescentes de que o principal comprador de produtos agrícolas norte-americanos poderia diminuir ritmo das importações após o presidente Donald Trump ter assinado uma ordem executiva que termina o tratamento econômico preferencial para Hong Kong.

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) afirmou nesta quarta-feira que exportadores privados informaram que a China comprou 389 mil toneladas de soja e 132 mil toneladas de milho para entrega em 2020/21, ano comercial que começa em 1 de setembro.

Os acordos seguem um anúncio do USDA na terça-feira de que a China comprou 1,762 milhão de toneladas de milho, seu maior volume comprado em um só dia nos EUA, além de 129 mil toneladas de soja.

Na terça-feira, Trump ordenou o fim do status especial de Hong Kong para punir a China pelo que ele chamou de “ações opressivas” contra a ex-colônia britânica, levando Pequim a alertar sobre sanções retaliatórias.

Reportagem de Mark Weinraub

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below