July 20, 2020 / 3:34 PM / 21 days ago

Economista-chefe do BoE vê riscos para inflação no pós-pandemia

Economista-chefe do Banco da Inglaterra, Andy Haldane 27/04/2018 REUTERS/Toby Melville

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido pode enfrentar pressões inflacionárias após a crise do coronavírus, mesmo que o desemprego permaneça alto, devido à potencial falta de trabalhadores qualificados para postos que seguem demandados, disse o economista-chefe do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andy Haldane.

Haldane, que votou contra a expansão do programa de compra de ativos do BoE no mês passado, disse ver riscos de alta e de baixa para a inflação no médio prazo.

“Houve algumas fraturas nas cadeias de suprimentos domésticas e globais, aumentando os custos de alguns bens e serviços. E é possível que uma taxa de desemprego de equilíbrio a longo prazo mais alta possa causar o ressurgimento antecipado das pressões salariais”, disse Haldane em texto ao Comitê do Tesouro do Parlamento britânico.

Por David Milliken

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below