July 20, 2020 / 7:04 PM / a month ago

Proposta de recuperação da UE prevê subsídios de 390 bi de euros e empréstimos de 360 bi de euros

Bandeiras da União Europeia (UE) tremulam do lado de fora da sede da Comissão Europeia, antes de uma cúpula de líderes da UE na sede do Conselho Europeu, em Bruxelas, Bélgica, em 16 de julho de 2020. REUTERS/Yves Herman

BRUXELAS (Reuters) - Sob uma proposta apresentada aos líderes da União Europeia (UE) na tarde desta segunda-feira, o pacote de recuperação econômica da UE para retirar o bloco de uma recessão causada pelo Covid-19 inclui 390 bilhões de euros em subsídios e 360 bilhões de euros em empréstimos, mostrou um documento.

Esta é uma mudança em relação aos 500 bilhões de euros em subsídios e 250 bilhões de euros em empréstimos originalmente propostos pela Comissão Europeia.

O documento, visto pela Reuters, é tido como base para um acordo de compromisso após quatro dias de duras negociações sobre o pacote.

Além disso, prevê que os planos nacionais para gastar o dinheiro precisariam obter a aprovação de uma maioria qualificada de governos da UE.

O gasto também estaria vinculado aos governos que cumprem o Estado de Direito, o que também seria estabelecido por uma maioria qualificada dos governos.

Reportagem de Jan Strupczewski

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below