July 21, 2020 / 3:25 PM / 20 days ago

Ibovespa perde fôlego após superar 105 mil pontos; Vale recua 2%

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista perdia o fôlego nesta terça-feira, em meio a movimentos de realização de lucros, após o Ibovespa renovar máxima desde março acima de 105 mil pontos, em sessão marcada por rico noticiário corporativo e viés positivo do exterior.

São Paulo, SP, Brasil 06/032020. REUTERS/Rahel Patrasso

Às 12:06, o Ibovespa caía 0,21 %, a 104.208,07 pontos. O volume financeiro era de 14,2 bilhões de reais.

Na máxima, mais cedo, o Ibovespa chegou a 105.449,23 pontos, beneficiado pela cena externa, principalmente esperanças sobre vacina contra o Covid-19, bem como perspectiva de mais estímulos para combater os efeitos econômicos da pandemia.

Nos Estados Unidos, o S&P 500 .SPX subia 0,6%, embalado ainda por resultados trimestrais.

A equipe da Elite Investimentos chamou a atenção para o acordo da União Europeia sobre um fundo de bilhões de euros, bem como notícias aventando possibilidade de novo pacote de estímulos econômicos nos EUA.

Na cena brasileira, além da pauta corporativa, investidores também monitoram aguardada entrega da primeira parte da forma tributária ao Congresso, conforme prometido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, na semana passada.

DESTAQUES

- VALE ON recuava 2,09%, após reportar que a comercialização de minério de ferro caiu 11,8% no segundo trimestre na comparação anual, devido ao tempo de espera de logística entre produção e vendas, com muitas delas ficando para o próximo trimestre. A produção da matéria-prima, por sua vez, somou 67,6 milhões de toneladas, aumento de 5,5%.

- PETROBRAS PN avançava 3,08% e PETROBRAS ON subia 3,11%, tendo de pano de fundo forte alta dos preços do petróleo no exterior, além da notícia do final da terça-feira de aquisição de fatia acionária remanescente de 10% da Petrobras na Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG) pela Engie e pela Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ) por cerca de 1 bilhão de reais.

- VIA VAREJO ON recuava 1,56%, revertendo os ganhos do começo da sessão, quando renovou máxima histórica intradia, a 22,36 reais, em alta de 5,6% após divulgação de dados sobre vendas onlines em algumas categorias de produtos em maio e junho. No setor, MAGAZINE LUZIA cedia 1,4% e B2W ON reduzia alta a 0,36%, também após registrarem máximas intradias, a 89,50 reais e 123,26 reais, respectivamente.

- QUALICORP ON perdia 6,19%, com o ex-presidente da companhia José Seripieri Filho, o Júnior, entre os alvos de operação da Polícia Federal e do Ministério Público Eleitoral de São Paulo que tem o senador José Serra (PSDB-SP) também como alvo, acusado de usar um caixa 2 de 5 milhões de reais em sua campanha de 2014. JHSF ON, cuja sede também foi alvo de busca e apreensão, perdia 4,54%, entre as maiores quedas do índice Small Caps.

- ITAÚ UNIBANCO PN valorizava-se 1,5%, também freando movimentos mais fortes de realização de lucros no Ibovespa, com BRADESCO PN em alta de 2,48%. Na contramão do setor no índice, BTG PACTUAL UNIT caía 3,2%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below