July 24, 2020 / 6:47 PM / 17 days ago

BC do Chile fecha acordo com a China para expandir swap cambial para US$ 7,1 bi

Banco Central do Chile, funcionária controla acesso e mede temperatura de pessoas antes de entrada em Santiago 15/4/2020 REUTERS/Ivan Alvarado

SANTIAGO (Reuters) - O banco central do Chile disse nesta sexta-feira que chegou a um acordo com a China para expandir a linha de swap cambial para 50 bilhões de iuans (7,1 bilhões de dólares) a fim de estabilizar mercados e ajudar a economia do país que passa por dificuldades devido à pandemia de coronavírus.

A China, principal parceiro comercial do Chile, concordou anteriormente com um swap de 22 bilhões de iuans (3 bilhões de dólares). Além de mais que dobrar o valor disponível para o Chile, o banco central chinês também concordou em expandir as maneiras pelas quais a linha de swap pode ser usada.

“Além de... facilitar as operações de comércio exterior do Chile com a China, esses recursos também podem ser utilizados para contribuir para a estabilidade dos mercados financeiros”, afirmou o banco central chileno em comunicado.

O banco disse que o acordo com a China protegerá a economia do Chile de choques de mercados financeiros internacionais.

Reportagem de Dave Sherwood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below