July 28, 2020 / 9:38 PM / 12 days ago

Anec reduz projeção de exportação de soja do Brasil em julho

Navio carregado com soja para exportação no porto de Santos (SP) 13/03/2017 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de soja do Brasil deverão atingir 8,4 milhões de toneladas em julho, disse nesta terça-feira a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), reduzindo sua estimativa em relação aos 8,8 milhões de toneladas vistos na semana passada.

Se confirmada a projeção, que tem como base a programação do embarques de navios no país, as exportações brasileiras somarão 70,2 milhões de toneladas no acumulado dos sete primeiros meses de 2020.

A entidade projetou ainda as exportações de milho do Brasil em julho em 5,4 milhões de toneladas, o que também representa uma queda na comparação com a estimativa da semana anterior, de 5,65 milhões de toneladas.

O nível de julho, quando as exportações brasileiras do cereal começam a ganhar ritmo no ano, colocaria o acumulado dos embarques nos sete meses iniciais de 2020 em 7,9 milhões de toneladas.

Nas perspectivas para o farelo de soja, a Anec passou a estimar os embarques de julho em pouco menos de 1,74 milhão de toneladas, ante 1,76 milhão de toneladas na previsão passada. O acumulado do ano, se confirmada a projeção, atingirá 9,98 milhões de toneladas.

Por Gabriel Araujo e Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below