July 29, 2020 / 3:09 PM / 10 days ago

Ibovespa avança e supera 105 mil pontos com balanços e Fed sob holofotes

SÃO PAULO (Reuters) - O sinal positivo prevalecia na bolsa paulista nesta quarta-feira, marcada por uma série de resultados trimestrais, incluindo de CSN, que disparava cerca de 7%, enquanto investidores aguardam o desfecho de reunião do Federal Reserve.

09/05/2016 REUTERS/Paulo Whitaker

Às 11:57, o Ibovespa subia 0,96 %, a 105.104,71 pontos. O volume financeiro era de 10,4 bilhões de reais.

Nos EUA, o Fed divulga comunicado com a sua decisão às 15h (horário de Brasília), e o chair Jerome Powell dará entrevista à imprensa meia hora depois. Não estão previstas projeções econômicas ou grande decisão de política monetária.

Na visão da equipe da CM Capital Markets, o banco central norte-americano deve confirmar o discurso ‘dovish’, ou seja, favorecendo estímulos à economia para reativar a atividade, conforme relatório a clientes.

Analistas da Mirae Asset avaliam que o viés para o Ibovespa nesta sessão dependerá do pronunciamento de Jerome Powell.

DESTAQUES

- CSN ON subia 7,07%, após divulgar na noite de terça-feira lucro líquido de 446 milhões de reais no segundo trimestre, ante prejuízo de 1,3 bilhão um ano antes, em um resultado impulsionado por preços maiores de aço e efeitos financeiros.

- SANTANDER BRASIL UNIT avançava 3,71%, mesmo após reportar mais cedo queda de mais de 40% no lucro do segundo trimestre, após provisionar 3,2 bilhões de reais para potenciais perdas com empréstimos por causa da crise desencadeada pelo coronavírus. No setor, BRADESCO PN, que divulga balanço na quinta-feira, antes da abertura, ganhava 2,68%. ITAÚ UNIBANCO PN subia 2,1%.

- CIELO ON perdia 3,32%, tendo de pano de fundo um raro prejuízo trimestral, de 75,2 milhões de reais entre abril e junho, afetado pelos efeitos econômicos do Covid-19, enquanto ajusta sua estrutura de custos e de capital para enfrentar um cenário de forte queda dos resultados.

- TELEFÔNICA BRASIL PN cedia 0,63%, revertendo a alta do começo do pregão. A companhia divulgou que seu lucro líquido caiu 21,6% no segundo trimestre sobre igual período de 2019, com receitas menores em meio à pandemia do novo coronavírus, além de mais gastos com depreciação e impostos. TIM ON, que divulga balanço mais tarde nesta quarta-feira, perdia 0,40%.

- MINERVA ON caía 3,19%, também abandonando os ganhos da abertura, apesar de reportar na véspera lucro líquido de 253,4 milhões de reais no segundo trimestre, ante prejuízo de 113,3 milhões um ano antes, com desempenho operacional recorde, refletindo a política de hedge.

- VALE ON subia 2,09%, antes da divulgação de seu resultado trimestral após o fechamento e tendo de pano de fundo forte alta dos futuros de referência do minério de ferro na China nesta quarta-feira, à medida que uma robusta produção em siderúrgicas aumentou as compras do material utilizado na fabricação do aço.

- PETROBRAS PN valorizava-se 1,1%, ajudada pela alta dos preços do petróleo no exterior e com resultado trimestral previsto para a quinta-feira, após o fechamento. PETROBRAS ON tinha elevação de 0,81%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below