for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ações de Londres pressionam mercados com quedas na Glencore e no setor de energia

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta quinta-feira, uma vez que a bolsa de Londres foi prejudicada depois que a Glencore descartou seus dividendos e as ações ligadas ao petróleo caíram, enquanto os investidores permaneciam de olho em Washington em busca de progresso nas negociações de estímulo do governo norte-americano.

Pregão na Bolsa de Valores de Frankfurt, na Alemanha 14/03/2019 REUTERS/Ralph Orlowski

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,76%, a 1.406 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,73%, a 362 pontos.

O índice de mineração da Europa, que havia subido no mais cedo nesta semana, recuou 2,5% depois que a Glencore se tornou a primeira grande mineradora a descartar seus dividendos, dizendo que priorizará o corte de sua dívida.

Suas ações despencaram 8,1%, enquanto as gigantes de energia BP, Royal Dutch Shell e Total caíram entre 2% e 3,8% após fortes ganhos na quarta-feira.

Os índices de Wall Street estavam praticamente estáveis, parando perto de níveis recordes, enquanto os democratas dos EUA e funcionários da Casa Branca lutam para elaborar um pacote de estímulo para a economia atingida pela pandemia de coronavírus. [.NPT]

“Algum progresso foi feito, mas dúvidas estão surgindo sobre se um acordo será alcançado antes de que passe outra semana”, escreveu Edward Moya, analista de mercado sênior da Oanda em uma nota.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,27%, a 6.026 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,54%, a 12.591 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,98%, a 4.885 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,34%, a 19.475 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,16%, a 6.957 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,56%, a 4.378 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up