for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Economia russa recua 8,5% no 2° tri em meio a pandemia de coronavírus

Avenida praticamente vazia em Moscou, na Rússia, em meio à pandemia de coronavírus 09/05/2020 REUTERS/Tatyana Makeyeva

MOSCOU (Reuters) - A economia da Rússia teve contração de 8,5% no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, mostraram dados preliminares nesta terça-feira, uma vez que o país foi afetado pela pandemia de coronavírus e bloqueios relacionados a sua contenção, bem como pela queda nos preços do petróleo, sua principal exportação.

Após crescer 1,6% no primeiro trimestre, a economia da Rússia entrou em contração depois que o surto de coronavírus paralisou muitas atividades comerciais, levando o banco central do país a reduzir os juros a uma mínima recorde.

O Rosstat, serviço de estatísticas da Rússia, disse que apenas o setor agrícola cresceu no segundo trimestre, enquanto os setores de commodities, varejo, transporte e serviços foram os mais atingidos.

A contração econômica no segundo trimestre, o primeiro conjunto de dados trimestrais do Rosstat para avaliar os impactos das paralisações que a Rússia começou a impor no final de março, não foi tão profunda quanto as expectativas, com uma pesquisa da Reuters com analistas do final de junho prevendo queda de 9%.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up