for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Preços do petróleo sobem 2% após redução nos estoques dos EUA

22/11/2019. REUTERS/Angus Mordant

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram mais de 2% nesta quarta-feira, depois de dados indicarem uma firme queda nos estoques da commodity nos Estados Unidos, aumentando as expectativas de que a demanda por combustíveis na maior economia do mundo resistirá à pandemia de coronavírus.

O petróleo Brent fechou em alta de 0,93 dólar, ou 2,1%, a 45,43 dólares por barril. Já o petróleo dos EUA (WTI) avançou 1,06 dólar, ou 2,6%, para 42,67 dólares o barril, depois de recuar 0,8% na sessão anterior.

Os estoques de petróleo, gasolina e produtos refinados nos EUA recuaram na semana passada, em momento em que as refinarias aumentam a produção e a demanda melhora, segundo um relatório do governo norte-americano.

A demanda por combustíveis nos EUA avançou para 19,37 milhões de barris por dia (bpd) na semana passada, maior nível desde março, de acordo com os dados da Administração de Informação sobre Energia (AIE).

“Estamos vendo a demanda se recuperar”, disse Phyl Flinn, analista sênior de energia do Price Futures Group. “O mercado está ficando ajustado muito mais rápido do que as pessoas imaginavam.”

Os estoques norte-americanos de petróleo recuaram em 4,5 milhões de barris, ante expectativas de uma queda de 2,9 milhões de barris em pesquisa da Reuters com analistas. Já a produção de petróleo caiu para 10,7 milhões de bpd, contra 11 milhões de bpd na semana anterior.

Reportagem adicional de Aaron Sheldrick, em Tóquio, e Ahmad Ghaddar, em Londres

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up