for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Goldman Sachs passa a ver contração do PIB do Brasil em 2020 de 5,0%

17/04/2018. REUTERS/Brendan McDermid

BRASÍLIA (Reuters) - Economistas do Goldman Sachs revisaram para cima nesta sexta-feira suas perspectivas para a economia brasileira este ano, prevendo uma queda no de 5,0% do Produto Interno Bruto em vez da contração de 7,5% projetada anteriormente.

Em nota, o chefe de pesquisa para América Latina, Alberto Ramos, disse que os índices de atividade em recuperação, indicadores antecedentes positivos e pesquisas de confiança, além de uma crescente probabilidade de estímulo fiscal “significativo” contínuo até pelo menos o final do ano, estão por trás da revisão.

Por Jamie McGeever

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up