for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Mineradoras impulsionam índices europeus, empresas de viagem são pressionadas por casos de Covid-19

(Reuters) - Os índices acionários europeus fecharam em alta uma vez que as mineradoras expostas à China saltaram com novos estímulos na segunda maior economia do mundo, mas preocupações com o ressurgimento de casos de coronavírus na região limitaram os ganhos.

Gráfico do índice alemão DAX na bolsa de Frankfurt. REUTERS/Staff

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,37%, a 1.432 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,32%, a 369 pontos.

As ações de viagem e lazer caíram 1,5%, dando continuidade às perdas depois que o Reino Unido acrescentou a França e outros países à sua lista de quarentena na semana passada.

As mineradoras europeias subiram 1,7% após novas medidas de liquidez pelo banco central da China, maior consumidora de metais do mundo.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,61%, a 6.127 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,15%, a 12.920 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,18%, a 4.971 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,39%, a 19.950 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,90%, a 7.090 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,14%, a 4.435 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up