March 13, 2008 / 1:03 PM / 12 years ago

Senador boliviano de esquerda é novo presidente da YPFB

O presidente boliviano, Evo Morales (esquerda), parabeniza o ex-senador Santos Ramirez, novo presidente da YPFB, durante cerimônia em La Paz. A nomeação de Ramirez é a quinta troca de presidente da estatal boliviana em cerca de dois anos. Photo by Gaston Brito

LA PAZ (Reuters) - A YPFB, companhia estatal de petróleo da Bolívia, trocou o presidente pela quinta vez em cerca de dois anos, na quarta-feira, enquanto o presidente Evo Morales prometeu consolidar a nacionalização do setor de energia.

Senador do partido de esquerda do governo, Santos Ramírez substituiu Guillermo Aruquipa, alvo de investigações de nepotismo e irregularidades administrativas.

Ramírez é considerado um dos arquitetos da nacionalização no setor decretada em maio de 2006.

O ministro boliviano de Hidrocarbonetos, Carlos Villegas, disse na cerimônia de posse que o governo “está trabalhando em diversas medidas para relançar a YPFB” e que “o presidente vai explicar este processo ao povo nos próximos dias”.

A companhia estatal foi desmantelada durante uma onda de privatizações nos anos 1990, mas agora liderança de uma indústria nacionalizada, exporta gás para o Brasil e a Argentina.

Reportagem de Carlos Quiroga

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below