5 de Novembro de 2012 / às 19:49 / 5 anos atrás

Bovespa recua antes de eleição presidencial nos EUA

Por Danielle Assalve

Um homem fala em seu celular na bolsa de valores BM&FBovespa em São Paulo. A Bovespa encerrou a segunda-feira no vermelho, puxada pelo mau desempenho do setor elétrico e com investidores mais cautelosos antes da disputada eleição presidencial nos Estados Unidos e diante de incertezas na Grécia. 4/08/2011 REUTERS/Nacho Doce

SÃO PAULO, 5 Nov (Reuters) - A Bovespa encerrou a segunda-feira no vermelho, puxada pelo mau desempenho do setor elétrico e com investidores mais cautelosos antes da disputada eleição presidencial nos Estados Unidos e diante de incertezas na Grécia.

Ações das companhias elétricas caíram forte, após o governo brasileiro ter anunciado valores para indenização abaixo do esperado para concessões que vencem entre 2015 e 2017 e novas tarifas de energia.

O Ibovespa chegou a cair 1,4 por cento na mínima intradiária, mas reduziu as perdas na etapa final, graças ao avanço das ações da Petrobras, e fechou em queda de 0,3 por cento, a 58.209 pontos.

O giro financeiro do pregão foi de 5,47 bilhões de reais, abaixo da média diária de 2012, de 7,3 bilhões de reais.

“A expectativa para a eleição nos EUA tira um pouco do apetite dos investidores por risco”, disse Illan Besen, especialista em renda variável da corretora Icap. “O mercado aguarda ter um cenário um pouco mais claro para trabalhar.”

A corrida para a Casa Branca está acirrada: pesquisas mostram o presidente Barack Obama e o republicano Mitt Romney empatados para o pleito na terça-feira.

Incertezas sobre a situação grega também seguiram pesando nos mercados. O governo grego apresentou nesta segunda-feira um novo pacote de austeridade ao Parlamento para garantir mais ajuda internacional e evitar a bancarrota.

Em Nova York, o índice Dow Jones tinha baixa de 0,04 por cento às 17h40. No mesmo horário, o S&P 500 tinha alta de 0,02 por cento. Mais cedo, o principal índice europeu fechou em baixa de 0,59 por cento.

A queda das elétricas foi liderada pela preferencial da Eletrobras e da Cesp, que caíram 8,21 e 5,76 por cento, respectivamente.

BM&FBovespa caiu 2,2 por cento, a 13,20 reais. Nesta segunda-feira, a operadora de bolsa de NYSE Euronext e o Americas Trading Group anunciaram parceria para criar uma central de liquidez para ações brasileiras no mercado de balcão organizado.

Muitos papéis sofreram correção após o mercado brasileiro ter ficado fechado na sexta-feira por feriado nacional, segundo operadores.

Dentre as blue chips, a preferencial da Vale teve queda de 0,65 por cento, a 36,93 reais, e a ordinária da petrolífera OGX perdeu 3,29 por cento, a 4,71 reais.

Na contramão, a preferencial da Petrobras fechou em alta de 1,87 por cento, a 21,24 reais.

Também no campo positivo, destaque para o avanço da companhia aérea Gol e da Souza Cruz, que subiram 4,56 e 2,83 por cento, respectivamente. (Por Danielle Assalve; Edição de Aluísio Alves)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below