5 de Julho de 2013 / às 11:49 / em 4 anos

IGP-DI acelera alta para 0,76% em junho por atacado--FGV

SÃO PAULO, 5 Jul (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,76 por cento em junho, após elevação de 0,32 por cento em maio, em meio a uma forte aceleração dos preços no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta sexta-feira.

O resultado ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters, que mostrou que o indicador teria alta de 0,68 por cento em junho, segundo a mediana de 25 projeções, que variaram de 0,58 a 0,83 por cento.

Em 12 meses, o índice acumula alta de 6,28 por cento, ante 6,20 por cento nos 12 meses até maio.

Em junho, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI) registrou inflação de 0,85 por cento, após apresentar variação positiva de apenas 0,01 por cento em maio. O índice calcula as variações de preços de bens agropecuários e industriais nas transações em nível de produtor e responde por 60 por cento do IGP-DI.

O destaque ficou para a alta de 1,46 por cento dos Produtos Agropecuários em junho, após queda de 0,75 por cento em maio.

A alta dos preços no atacado alimenta os temores em relação à resistência da inflação.

CONSUMO

Por sua vez, a alta do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) pouco se alterou em relação ao mês anterior, subindo agora 0,35 por cento (0,32 por cento em maio). O índice mede a evolução dos preços às famílias com renda entre um e 30 salários mínimos mensais e corresponde a 30 por cento do IGP-DI.

Segundo a FGV, o resultado do IPC foi influenciado principalmente pelo grupo Transportes, com alta de 0,30 por cento ante deflação de 0,19 por cento em maio, refletindo a alta da tarifa dos ônibus urbanos de 2,10 por cento em junho, após queda de 1,34 por cento no mês anterior.

Mas como várias capitais, entre elas São Paulo e Rio de Janeiro, voltaram atrás dos aumentos de tarifas, o grupo Transportes deve reverter pelo menos parte da alta registrada em junho.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI) avançou 1,15 por cento em junho, após alta de 2,25 por cento em maio. O índice representa 10 por cento do IGP-DI.

O IBGE divulga às 9h os dados de junho do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que serve para balizar a meta de do governo para a inflação.

A expectativa em pesquisa da Reuters é de que a inflação brasileira deve superar o teto da meta oficial mais uma vez e atingir o maior nível em mais de um ano e meio, com alta de 6,77 por cento em 12 meses.

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais, sendo o indexador das dívidas dos Estados com a União. O índice também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

Por Camila Moreira; Edição de Alexandre Caverni

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below