9 de Agosto de 2013 / às 15:35 / em 4 anos

Dilma: desemprego continua baixo e inflação está sob controle

9 Ago (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira que a taxa de desemprego no país continua baixa, apesar de estar há seis meses sem ceder, e que a inflação está sob controle.

Presidente Dilma Rousseff fala com jornalistas após cerimônia de assinatura do Estatuto da Juventude no Palácio do Planalto, em Brasília. Dilma defendeu nesta sexta-feira que a taxa de desemprego no país continua baixa, apesar de estar há seis meses sem ceder, e que a inflação está sob controle. 5/08/2013. REUTERS/Ueslei Marcelino

“É escandaloso que alguém diga que o desemprego cresceu... O fato é que o Brasil nunca teve uma taxa tão baixa de desemprego”, disse Dilma em entrevista a rádios gaúchas.

A taxa de desemprego do Brasil surpreendeu em junho ao subir para 6,0 por cento, marcando o sexto mês seguido que não cede e o patamar mais alto desde abril de 2012, ao mesmo tempo em que o rendimento da população caiu pela quarta vez seguida.

Esse cenário ocorre num momento de falta de confiança em diversos segmentos da economia, em meio à recuperação da atividade que ainda patina.

Na entrevista, a presidente lembrou que foram criados 826 mil empregos entre janeiro e junho passados e que, em quatro anos, foram 4,4 milhões de empregos formais.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho, a geração de emprego com carteira assinada no semestre passado foi a pior desde 2009, auge da crise financeira internacional.

Dilma também voltou a defender que a inflação no país está sob controle e que existe uma situação de queda generalizada de preços.

“A inflação no Brasil está sob controle, nós tivemos um período de dificuldades e conseguimos superá-lo. Foi feito um esforço e essa superação ocorreu”, afirmou a presidente, sem fazer projeções para a inflação, apenas defendendo que ela ficará dentro da meta do governo, de 4,5 por cento pelo IPCA, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Em julho, o IPCA registrou leve alta de 0,03 por cento, acumulando em 12 meses 6,27 por cento.

Por Patrícia Duarte, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below