13 de Setembro de 2013 / às 19:41 / em 4 anos

União entre Kroton e Anhanguera leva à maior aquisição da Estácio

RIO DE JANEIRO, 13 Set (Reuters) - A união entre Kroton e Anhanguera mudou o jogo do mercado e pressionou a Estácio a comprar a Uniseb, no maior negócio de sua história, mas a operação foi considerada cara e pressiona suas ações a uma queda de mais de 3 por cento nesta quinta-feira.

“No momento em que há este anúncio da parte deles (Anhanguera e Kroton), não apenas a Estácio, mas outros potenciais players, principalmente no ensino à distância, começam a pensar no futuro deste segmento”, disse o presidente-executivo da Estácio, Rogério Melzi, em teleconferência nesta quinta-feira.

A Estácio anunciou a aquisição da Uniseb por 615,3 milhões de reais em dinheiro e em ações na quinta-feira, cinco meses após a união entre Kroton e Anhanguera, que criou um grupo de 13 bilhão de reais.

A aquisição foi avaliada em 13 vezes o múltiplo EV/Ebitda, e a Kroton pagou pela Unopar a um múltiplo de 10 vezes o EV/Ebitda, segundo relatório do Bank of America Merril Lynch. O múltiplo da Estácio é de 17 vezes o EV/Ebitda.

“Apesar de um múltiplo menor do que o da Estácio, a Uniseb parece cara, mas tem potencial de sinergias significativo e oportunidades de crescimento”, disse o banco.

O preço por aluno à distância pago no negócio, de 17 mil reais, também é maior do que o atribuído à Kroton, na Unopar, de 8,4 mil, e na Uniasselvi, de 5,7 mil reais.

Às 16h19 (horário de Brasília), as ações da Estácio caíam 4,34 por cento, a 17,43 reais, enquanto o Ibovespa, do qual a companhia não faz parte, subia 0,91 por cento.

ATUAÇÃO EM SÃO PAULO

Com a Uniseb, a Estácio sela sua entrada no Estado de São Paulo e reforça sua participação no segmento de ensino à distância.

Considerando os resultados de Estácio e Uniseb em 2012, o lucro líquido das empresas combinadas teria sido de 139 milhões de reais, cerca de 40 por cento superior ao resultado apenas da Estácio no ano passado, disse Melzi.

Com a Uniseb, o número de polos de ensino à distância da Estácio após a aquisição chegará a 369, considerando os que aguardam autorização para operar, sendo 57 no estado de São Paulo. Atualmente, a Estácio possui 52 polos no segmento.

Os executivos da companhia destacaram o potencial de crescimento, com a possibilidade de abertura de novos polos e a expectativa de mais alunos. Em média, cada polo da Estácio tem 1.130 alunos, enquanto na Uniseb este número é de apenas 300.

A expectativa do mercado de que o governo federal possa, em breve, autorizar o uso do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o ensino à distância deve ajudar a impulsionar este avanço.

“Se isso acontecer, e houver uma explosão no ensino à distância, é claro que nós estamos muito bem posicionados”, disse Melzi, mencionando também a possibilidade de abertura de mais cursos.

Ter uma participação mais ativa no estado de São Paulo é um desejo antigo da Estácio, que viu na Uniseb, que tem sede em Ribeirão Preto, uma porta de entrada para uma região que considera fundamental para o seu futuro.

“A Uniseb nos coloca em São Paulo. A gente sempre foi muito aberto com o desejo de entrar em São Paulo para valer. São Paulo é um estado fundamental. Isoladamente, é maior do que muitos países por aí”, afirmou o presidente.

A Uniseb possui 8 polos ativos na capital paulistana, com uma média de 65 alunos, ao passo em que a Estácio possui 17 polos no Rio de Janeiro, com 250 estudantes, em média.

MUDANÇAS NA ESTRUTURA ACIONÁRIA

Com a conclusão do negócio, a participação da GP Investments na Estácio vai cair de 12,3 por cento para 11,6 por cento. E a família Zaher, controladora da Uniseb, passará a ter 5,7 por cento da companhia.

Além disso, conforme anunciado na quinta-feira, o fundador e controlador da Uniseb, Chaim Zaher, será indicado para integrar o Conselho de Administração da Estácio após a conclusão da operação.

Por Juliana Schincariol

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below