24 de Fevereiro de 2014 / às 10:48 / em 4 anos

Promessa de crescimento do G20 é mais fácil de pôr no papel do que em prática

Por Wayne Cole

SYDNEY, 24 Fev (Reuters) - A proposta do G20 de impulsionar a atividade econômica em 2 por cento nos próximos cinco anos tem tantos buracos que não é de se admirar que tenha sido a primeira meta oficial que todos os membros se sentiram satisfeitos em concordar.

Cada país tem até novembro para elaborar seus próprios planos supostamente “concretos”, mas não há nada para forçar sua implementação a não ser a persuasão moral de outros membros. O Fundo Monetário Internacional afirmou que vai observar o progresso dos planos, mas não tem poderes para obrigar nada ou punir.

O objetivo também é algo em movimento, uma vez que tem como base superar uma estimativa de crescimento que por si só é apenas uma conjectura.

“Nem temos certeza de onde nos encontramos agora em relação ao crescimento. Como conseguiremos julgar se essas metas estão sendo cumpridas?”, disse Michael Blythe, economista-chefe do Commonwealth Bank of Australia.

De fato, os alemães estavam relutantes em assinar qualquer meta dura no G20, mas aceitaram o objetivo de crescimento porque ele não é obrigatório. Outros também destacaram que ele é uma aspiração, não uma promessa fixa.

“Os resultados desse processo não podem ser garantidos pelos políticos”, disse o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, após o acordo ter sido assinado no domingo.

E os mercados financeiros não deram muita atenção ao acordo, focando em vez disso nesta segunda-feira nas mesmas preocupações que tinham na sexta-feira --o impacto da redução pelo banco central dos Estados Unidos de seu estímulo e incertezas sobre a performance econômica da China.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below