14 de Março de 2014 / às 14:28 / em 4 anos

Ações de elétricas caem após medidas do governo para setor

SÃO PAULO, 14 Mar (Reuters) - O índice do setor elétrico da Bovespa recuava mais de 1 por cento nesta sexta-feira, depois de o governo anunciar medidas para equacionar gastos de distribuidoras relacionados à forte geração termelétrica, mas em um momento em que ainda pairam dúvidas sobre seu sucesso.

Um homem fala ao celular enquanto olha para um painel eletrônico na bolsa de valores da BM&FBovespa, em São Paulo. O índice do setor elétrico da Bovespa recuava mais de 1 por cento nesta sexta-feira, depois de o governo anunciar medidas para equacionar gastos de distribuidoras relacionados à forte geração termelétrica, mas em um momento em que ainda pairam dúvidas sobre seu sucesso. 04/08/2011 REUTERS/Nacho Doce

Às 11h24, o IEE recuava 1,28 por cento, ante queda de 0,11 por cento do Ibovespa.

Analistas da XP Investimentos afirmaram que a resolução do governo retira as incertezas sobre como os recursos serão repassados para as distribuidoras, e que ainda há dúvida sobre o repasse futuro às tarifas, acrescentando que a manobra não alivia em nada a pressão sobre os reservatórios das hidrelétricas e não retira a possibilidade de racionamento de energia ainda em 2014.

Por Priscila Jordão

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below