25 de Março de 2014 / às 16:28 / 4 anos atrás

JBS vê mais sinergias com Seara, mas ação cai; operação nos EUA preocupa

SÃO PAULO, 25 Mar (Reuters) - A JBS, maior processadora de carnes do mundo, vem capturando sinergias com a inclusão da Seara que estão superiores ao estimado inicialmente, disse o presidente executivo da companhia nesta terça-feira, em teleconferência para comentar os resultados do último trimestre.

A JBS anunciou na noite anterior lucro de 140 milhões de reais no quarto trimestre de 2013, quase o dobro do apurado no mesmo período do ano anterior, mas bem abaixo das estimativas do mercado.

As ações da companhia caíam quase 5 por cento às 13h21, com analistas apontando o desempenho abaixo do previsto na divisão de bovinos dos EUA. A Ibovespa tinha leve alta de 0,07 por cento no mesmo horário.

O presidente da JBS, Wesley Batista, entretanto, destacou os resultados da compra da Seara, divisão de aves, suínos e processados da Marfrig Alimentos, que foi concluída pela empresa em setembro e apareceu integralmente no resultado da companhia no último trimestre do ano passado.

“Posso antecipar que os resultados estão vindo, e as sinergias estão sendo capturadas superiores ao que nós estimamos no começo... Está vindo numa trajetória super positiva”, disse o presidente executivo, Wesley Batista, em conferência com analistas para comentar os resultados do último trimestre.

A aquisição da Seara envolveu a assunção de dívidas de quase 6 bilhões de reais da Marfrig pela JBS, e a expectativa de sinergias com a incorporação da companhia era de 1,2 bilhão de reais em 2014.

O presidente da JBS Foods, a divisão na qual a Seara foi incluída, Gilberto Tomazoni, disse que o resultado foi obtido com a implantação novos padrões de produção nas linhas de fábrica, alteração na cadeia logística, redução de fretes e números de centros de distribuição.

Os executivos informaram que os resultados da JBS Foods, na qual foi incluída a Seara, juntamente com as operações de aves da companhia no Brasil, serão abertos e divulgados ao mercado no primeiro trimestre.

ANALISTAS

Além de um resultado líquido abaixo do esperado, os analistas do Citi Research ressaltaram a contração na margem Ebitda da divisão de bovinos dos EUA, também abaixo do esperado.

A margem Ebitda da divisão norte-americana de bovinos caiu para 2,4 por cento no quarto trimestre de 2013, ante 2,7 por cento no terceiro trimestre.

“O declínio sequencial em rentabilidade reflete os altos preços do gado e a fraca precificação da carne bovina nas exportações, em nossa visão. O rebanho dos EUA permanece perto de mínimas históricas”, afirmaram os analistas sobre uma das principais divisões da companhia.

Por Fabíola Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below