28 de Março de 2014 / às 19:00 / 4 anos atrás

Eletrobras espera ter lucro em 2014; investirá R$14,1 bi

BRASÍLIA, 28 Mar (Reuters) - A Eletrobras pretende investir cerca de 14,1 bilhões de reais em 2014 e fechar o ano com o primeiro lucro líquido anual desde 2011, disse nesta sexta-feira o presidente da estatal, José da Costa Carvalho Neto, em entrevista coletiva para comentar os resultados de 2013.

José da Costa Carvalho Neto, presidente da Eletrobras, durante entrevista concedida à Reuters em 2012, no Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira, o presidente ddisse em entrevista coletiva que a estatal pretende investir cerca de 14,1 bilhões de reais em 2014 e fechar o ano com o primeiro lucro líquido anual em três anos. 29/05/2012 REUTERS/Ana Carolina Fernandes

Também em 2014, o executivo diz que a companhia terá uma definição sobre a situação das seis distribuidoras federalizadas que estão sob seu controle e que são, hoje, um dos fatores que pesam negativamente em seu balanço.

Em 2013, a Eletrobras acumulou prejuízo líquido de 6,287 bilhões de reais.

Segundo Carvalho Neto, cerca de 2,3 bilhões de reais dessa perda vieram da área de distribuição.

O executivo disse que a empresa não considera a venda total de sua participação nas distribuidoras e trabalha com três cenários: permanecer como está hoje, vender uma participação e permanecer como majoritário ou vender uma participação maior e ficar como minoritário. A empresa controla atualmente distribuidoras nos estados do Acre, Alagoas, Piauí, Rondônia, Roraima, Amazonas.

Segundo Carvalho, entre os investimentos da Eletrobras previstos para este ano está a expansão do parque gerador em 2.205 megawatts (MW) novos, incluindo nessa conta a energia produzida em projetos tocados em pareceria com outras empresas.

Na transmissão, a Eletrobras deverá entregar, em 2014, mais 4,2 mil quilômetros em novas linhas de transmissão. A empresa deverá buscar no mercado brasileiro inclusive cerca de 4 bilhões de reais com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“A princípio, a Eletrobras não está pensando em fazer captação externa este ano”, disse o diretor Financeiro e de Relações com o Investidor da empresa, Armando Casado.

LUCRO EM 2014

Carvalho Neto disse que “todos os estudos” apontam que a Eletrobras deverá voltar ao azul e registrar, neste ano, o primeiro lucro líquido anual desde 2011.

Ele ressaltou que, em 2014, a empresa não terá alguns efeitos não recorrentes que pesaram em seu balanço em 2013, como o pagamento de 1,7 bilhão de reais em despesas com o plano de desligamento de pessoal.

“Em 2014, além de não termos os mesmos custos com o desligamento de pessoal, vamos ter uma economia na folha de pagamentos de 1,2 bilhão de reais”, disse.

Além disso, o presidente da Eletrobras disse esperar o reconhecimento, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de 800 milhões de reais em gastos na melhoria do sistema de transmissão da empresa. Como em 2013 esse investimento ainda não havia sido reconhecido - e , consequentemente, repassado às receitas da empresa - teve de ser contabilizado como perdas.

“Se não tivéssemos os fatores não recorrentes, em 2013 o lucro teria sido de 1,2 bilhão de reais”, disse Carvalho Neto.

A empresa pretende pleitear junto à Aneel indenizações totais de 12 bilhões de reais, relativas à renovação das concessões de transmissão anteriores a 2000 e também a ajustes na indenização da geração. “O pedido deve ser encaminhado ainda no primeiro semestre”, disse.

Por Leonardo Goy, edição Anna Flávia Rochas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below