30 de Abril de 2014 / às 13:53 / em 3 anos

Lucro da Vale recua no 1º tri com queda no preço do minério

Vista da mina de ferro Ferro Carajás em Parauapebas. A mineradora Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, teve lucro líquido de 2,52 bilhões de dólares no primeiro trimestre de 2014, queda de 19 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, em meio a preços mais baixos de seu principal produto, que foram pressionados pelo cenário da economia chinesa. 29/05/2012Lunae Parracho

Por Roberto Samora e Jeb Blount

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO, 30 Abr (Reuters) - A mineradora Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, teve lucro líquido de 2,52 bilhões de dólares no primeiro trimestre de 2014, queda de 19 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, em meio a preços mais baixos de seu principal produto, que foram pressionados pelo cenário da economia chinesa.

O preço médio de minério de ferro da Vale no período foi de 90,52 dólares por tonelada, queda de 18,9 por cento ante os 111,69 dólares/t no mesmo período de 2013, num cenário de aumento na oferta das grande mineradoras globais e preocupações com a perspectiva econômica da China, maior importadora mundial da commodity.

Além disso, Vale reportou preço de venda do minério de ferro menor que o esperado.

"O principal fator negativo foi o preço realizado de minério de 91 dólares/t (equivalente a 81 dólares/t FOB Brasil ante 120 dólares/t no mercado à vista na China). Isso ficou 10 dólares abaixo da nossa expectativa", afirmou o Citi em relatório nesta manhã, acrescentando que os resultados operacionais vieram em grande parte em linha com o esperado, com uma boa performance na geração de caixa.

O banco UBS também disse que a Vale "supreendentemente" reportou preços de vendas de minério de ferro de 90,5 dólares por tonelada.

O lucro veio ligeiramente abaixo dos 2,59 bilhões de dólares previstos por analistas consultados pela Reuters.

As ações preferenciais da companhia operavam em queda de 0,79 por cento, enquanto o Ibovespa recuava 0,26 por cento às 12h45.

A Vale explicou que houve impacto negativo de 9,5 dólares/t decorrentes de ajustes do preço provisório para vendas baseadas no preço spot.

"Os preços provisionados no final de dezembro de 2013 tiveram que ser ajustados para baixo durante o 1T14, já que os preços realizados do minério de ferro na data da entrega foram menores que o preço provisionado originalmente no final do ano", disse a companhia, ressaltando que houve um efeito contrário no trimestre anterior, quando as cotações subiram em relação ao preço provisionado no final de setembro de 2013, impactando positivamente o resultado do quarto trimestre.

Segundo relatório do BTG Pactual, o impacto negativo no último trimestre não havia sido previsto pelo mercado.

Apesar das preocupações com a China, a Vale demonstrou certo otimismo, acreditando que os preços do minério mais baixos deverão tirar do mercado produtores de baixo custo.

"Apesar de um menor dinamismo na China, espera-se que sua demanda seja capaz de absorver a oferta incremental de minério de ferro do mercado transoceânico nos próximos anos com o deslocamento parcial dos produtores marginais de minério de ferro da curva de custo", disse a mineradora no balanço.

Os preços do minério de ferro no mercado à vista chinês voltaram a recuar nesta quarta-feira, fechando o quinto mês consecutivo de perdas e aproximando-se da mínima de um ano e meio registrada no início de março.

A Vale informou que as vendas de minério de ferro no trimestre foram precificadas por meio de três sistemas básicos: 44 por cento baseado em médias trimestrais e mensais e preços spot diários; 41 por cento baseado no preço spot após a data da entrega; e 15 por cento atrelado a preços passados (média de três meses com um mês de defasagem).

OPERACIONAL

Na moeda brasileira, o lucro da mineradora caiu para 5,91 bilhões de reais, contra 6,20 bilhões de reais um ano antes, mas a empresa reverteu o prejuízo de 14,868 bilhões de reais do quarto trimestre, quando o balanço foi afetado pelo pagamento de dívidas bilionárias ao governo.

O Ebitda ajustado, importante indicador operacional, somou 9,571 bilhões de reais, queda de 8 por cento na comparação com os três primeiros meses de 2013 e baixa de 36,8 por cento ante o quarto trimestre.

A receita operacional da Vale totalizou 22,832 bilhões de reais, 24,6 por cento menor que no quatro trimestre de 2013, devido, mas um aumento de pouco mais de 1 bilhão de reais ante o primeiro trimestre de 2013 (21,65 bilhões de reais).

O volume vendido de minério de ferro pela Vale no primeiro trimestre alcançou 57,84 milhões de toneladas, aumento de pouco mais de 2 milhões de toneladas ante o mesmo período de 2013, mas bem abaixo dos 73,56 milhões de toneladas do quatro trimestre, quando as atividades de produção costumam ser mais fortes por questões sazonais.

A receita bruta de vendas de minério de ferro no primeiro trimestre foi 12,336 bilhões de reais, respondendo por mais da metade da receita total da Vale. Considerando a receita com pelotas, de 3,47 bilhões de reais, o produto ganha ainda maior fatia nas vendas da companhia.

O montante obtido com o minério de ferro ficou 35 por cento abaixo do trimestre anterior, dado os menores volumes de venda e preços, mitigado parcialmente pelo efeito da variação cambial.

Houve queda de 0,5 por cento em relação ao primeiro trimestre de 2013, devido à queda dos preços, enquanto que os efeitos da variação cambial e os volumes de venda mitigaram quase que por completo a perda na receita.

PRODUÇÃO CRESCE

A mineradora disse que produziu 71,1 milhões de toneladas de minério de ferro no período, tendo o melhor desempenho para o período de janeiro a março desde 2008, com um clima favorável para as operações.

A produção cresceu 9,6 por cento, com ganhos nos sistemas Norte, Sudeste e Sul na comparação com o primeiro trimestre de 2013, quando a companhia produziu 64,85 milhões de toneladas.

O desempenho também foi influenciado "ramp-ups" dos projetos Planta 2, em Carajás, e Conceição Itabiritos, em Itabira, Minas Gerais, disse a empresa.

Entretanto, a margem operacional do segmento de ferrosos da companhia caiu para 46,1 por cento, ante 56,4 por cento no quarto trimestre e 55,5 um ano antes.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below