7 de Dezembro de 2007 / às 12:24 / em 10 anos

Navio-tanque bate e vaza toneladas de óleo na costa sul-coreana

Por Jack Kim

<p>O navio petroleiro Hebei Spirit derrama &oacute;leo no mar ap&oacute;s acidente em Taean, 170 quil&ocirc;metros ao sudoeste de Seul. Milhares de toneladas de petr&oacute;leo vazaram na sexta-feira de um gigantesco navio-tanque que colidiu com uma barca em um dos trechos mais belos do litoral sul-coreano, disse o Minist&eacute;rio Mar&iacute;timo do pa&iacute;s. Photo by Yonhap</p>

SEUL (Reuters) - Milhares de toneladas de petróleo vazaram na sexta-feira de um gigantesco navio-tanque que colidiu com uma barca em um dos trechos mais belos do litoral sul-coreano, disse o Ministério Marítimo do país.

O Hebei Spirit, com bandeira de Hong Kong, foi atingido quando estava ancorado ao largo do porto de Daesan, na região de Taesan, costa oeste do país. O ministério disse que 10,8 mil toneladas de petróleo já vazaram.

Não houve feridos.

“Uma barca que estava sendo rebocada colidiu com o navio-tanque ancorado, rachando a seção de carga e causando o vazamento”, disse Lee Jang-hoon, funcionário do ministério, a jornalistas. Ele acrescentou que o barco está ligeiramente tombado, e por isso “dificilmente haverá grandes vazamentos adicionais”.

O vazamento é cerca de um terço do mais famoso e custoso da história, o do Exxon Valdez, em 1989, na costa do Alasca. O custo total do acidente -- incluindo multas e indenizações -- chegou a 9,5 bilhões de dólares, sendo 2,5 bilhões no trabalho de limpeza.

O Hebei Spirit, um navio da classe VLCC (“transportador muito grande de petróleo bruto”, na sigla em inglês) estava a cerca de oito quilômetros do porto, aguardando para descarregar 260 mil toneladas de petróleo do Oriente Médio. O porto fica cerca de 110 quilômetros a sudoeste de Seul.

O vento e as ondas de até quatro metros prejudicam o controle da mancha de óleo, que pode chegar à costa em menos de 48 horas. A forte ondulação tornou inútil a tentativa de cercar o petróleo com bóias.

Lee acrescentou que há preocupação com os funcionários envolvidos na tarefa, por respirarem substâncias tóxicas.

As praias da região de Taean são muito frequentadas no verão, e ali existe também um parque nacional marítimo. A área é uma importante parada de pássaros migratórios.

Lee disse que o petróleo não deve chegar ao porto de Incheon, mais ao norte, que é maior e serve à capital.

Segundo o porta-voz, trabalhadores tentam transferir o petróleo para tanques do navio que não foram atingidos.

A empresa Hyundai Oilbank disse que o petróleo se destinava à sua refinaria de Daesan, mas que seus estoques são suficientes para manter a operação.

(Reportagem adicional de Angela Moon)

REUTERS FE

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below