March 7, 2008 / 3:38 PM / in 10 years

Assassinato suspende campanha eleitoral na Espanha

Por Jason Webb

O primeiro-ministro da Espanha, José Luiz Zapatero, durante discurso no palácio de Moncloa em Madri. Os maiores partidos políticos da Espanha cancelaram seus comícios de final de campanha dois dias antes da eleição, depois de um ex-vereador do Partido Socialista ter sido assassinado no País Basco. Photo by Sergio Perez

MADRI (Reuters) - Os maiores partidos políticos da Espanha cancelaram seus comícios de final de campanha na sexta-feira, dois dias antes da eleição, depois de um ex-vereador do Partido Socialista, atualmente no comando do país, ter sido assassinado no País Basco.

Isaias Carrasco, pai de três filhos, foi morto a tiros na frente de sua mulher e de uma filha pequena, na cidade de Mondragón, às 13h30 (9h30 em Brasília), afirmaram a polícia, autoridades do Partido Socialista e testemunhas.

“Eu olhei para fora da janela e vi a mulher e a filha dele, em cima dele, gritando: ‘Assassinos, assassinos’. O peito dele estava coberto de sangue e as duas tinham sangue nas roupas”, afirmou uma moradora da cidade ao canal de TV CNN+.

Ninguém assumiu a responsabilidade pela morte de Carrasco, mas, o ministro de Interior da Espanha, Alfredo Perez Rubalcaba, culpou o grupo rebeldes separatista basco ETA pelo assassinato do político.

O primeiro-ministro socialista espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, que interrompeu as negociações de paz com o ETA em dezembro de 2006, aparece à frente do Partido Popular (PP), liderado por Mariano Rajoy. nas pesquisas.

Zapatero tornou-se primeiro-ministro como resultado de uma surpreendente vitória ocorrida depois de atentados a bomba em 2004, quando extremistas islâmicos detonaram explosivos em trens de Madri, matando 191 pessoas.

Não se sabe ao certo ainda qual o efeito do assassinato de sexta-feira sobre as eleições parlamentares de domingo. Zapatero lançou ações de repressão contra o ETA, mas o PP já acusou o premiê de ter sido leniente demais com os separatistas bascos.

“Isso pode fazer com que aumente o comparecimento às urnas”, disse Julian Santamaria, professor de política da Universidade Complutense, em Madri. Santamaria disse, no entanto, não acreditar que o ataque altere as intenções de voto.

Tanto o Partido Socialista quanto o Partido Popular anunciaram o cancelamento de seus comícios de sexta-feira, último dia da campanha.

À FRENTE NAS PESQUISAS

O PP, fundado por simpatizantes do ex-ditador Francisco Franco, aparecia 4 pontos percentuais atrás dos socialistas em uma pesquisa divulgada na segunda-feira, quando entrou em vigor uma proibição de que levantamentos do tipo fossem publicadas.

Mas, historicamente, os eleitores de esquerda costumam comparecer menos às urnas que os de direita, e a surpreendente vitória de Zapatero em 2004 deveu-se, em parte, a um número anormalmente alto de eleitores jovens que ficaram indignados com o fato do então governo espanhol, do PP, ter culpado o ETA pelos atentados nos trens.

O premiê aposta em suas políticas liberais, tais como a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo e a facilitação do divórcio, para levar os eleitores jovens às urnas apesar dos sinais de que está no fim um boom econômico alimentado por um aumento no preço dos imóveis e por uma maior oferta de crédito.

Os socialistas esperam que gastos maiores em infra-estrutura e 400 euros em restituição de impostos mantenha a economia da Espanha crescendo a uma taxa anual de 3 por cento e crie empregos para os operários da construção civil.

O PP deseja cortar impostos que incidem sobre os salários e as empresas, além de defender um maior controle sobre a imigração a fim de reduzir os gastos com os serviços públicos.

Reportagem adicional de Ben Harding, Teresa Larraz, Sonya Dowsett, Jane Barrett, Elisabeth O'Leary, Raquel Castillo, Inmaculada Sanz e Arantza Goyoaga em Bilbao

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below