April 9, 2008 / 12:46 PM / 11 years ago

França fará nova tentativa para ajudar Ingrid Betancourt

França fará nova tentativa para ajudar Ingrid Betancourt. Manifestantes colocam fotos gigantes de reféns das Farc na Casa das Américas em Madri. A França busca outro meio para ajudar a refém Ingrid Betancourt, depois de desistir de enviar uma equipe médica ao cativeiro dela na selva colombiana, disse na quarta-feira o chanceler Bernard Kouchner. 9 de abril. Photo by Sergio Perez

PARIS (Reuters) - A França busca outro meio para ajudar a refém Ingrid Betancourt, depois de desistir de enviar uma equipe médica ao cativeiro dela na selva colombiana, disse na quarta-feira o chanceler Bernard Kouchner.

A libertação de Betancourt, cidadã franco-colombiana sequestrada pela guerrilha Farc em 2002, quando fazia campanha a presidente da Colômbia, é uma prioridade para o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

De acordo com ele, Betancourt está muito doente e perto da morte. A guerrilha rejeitou a missão médica na terça-feira, e em seguida Paris a cancelou.

“O que importa é que vamos continuar de uma forma ou de outra, e precisamos encontrá-la”, disse Kouchner a jornalistas após a reunião semanal do gabinete. O chanceler viaja em breve para a América do Sul.

Betancourt é parte, junto com outros políticos, militares e três norte-americanos, de um grupo de 40 reféns “estratégicos” que as Farc pretendem trocar por guerrilheiros presos. Mas o governo e o grupo rebelde não se entendem nem sobre o formato dessa negociação.

Uma junta médica francesa chegou na quinta-feira a uma base aérea de Bogotá, de onde esperava ter acesso a Betancourt. De acordo com Kouchner, a rejeição das Farc deixou claro que a missão não teria chances de sucesso.

“Precisamos levar isso em conta. Mas isso não significa de forma alguma que estejamos desistindo. Pelo contrário, estamos persistindo”, disse o ministro, sem dar detalhes das intenções francesas a partir de agora.

“Irei para lá num futuro relativamente próximo para tentar estabelecer novamente as bases de uma missão que sem dúvida será diferente”, disse Kouchner, sem revelar a data da viagem.

Acredita-se que Betancourt esteja doente, mas não se sabe exatamente qual o seu estado. Na segunda-feira, Kouchner disse que ela pode estar em melhores condições do que se imaginava.

Reportagem de Emmanuel Jarry

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below