23 de Outubro de 2007 / às 01:35 / em 10 anos

PANORAMA1-Agenda fraca dá espaço para consolidação de ganhos

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 2 de outubro (Reuterts) - A agenda escassa desta terça-feira, cujo ponto alto é o relatório de vendas pendentes de moradias nos Estados Unidos em agosto, abre espaço para os mercados consolidarem os recordes registrados na véspera.

A Bovespa fechou no maior nível da história na segunda-feira, acima de 62 mil pontos, e o dólar no menor patamar desde agosto de 2000, a 1,810 real. A bolsa paulista tem contado com o forte desempenho das ações relacionadas a commodities e a queda da divisa norte-americana tem contribuído para isso.

“As ações de Vale do Rio Doce e da Petrobras foram as grandes locomotivas da bolsa brasileira no mês passado e restabeleceram as chances de novos cortes na taxa Selic em 2008”, afirmou a estrategista da corretora Fator, Lika Takahashi, em relatório.

Em outubro, uma das principais incógnitas é se o Federal Reserve vai cortar novamente o juro norte-americano no fim do mês e como a crise de crédito impactou os balanços do terceiro trimestre.

Os dados sobre a economia dos Estados Unidos serão acompanhados de perto para ajudar a balizar as apostas sobre a política monetária --atualmente em um corte de 0,25 ponto no dia 31. Esta semana, o mais relevante é o relatório de empregos, que sai na sexta-feira.

Já a temporada de balanços esquenta na semana que vem e a expectativa é de crescimento fraco. Levantamento da Thomson Financial para os lucros das empresas do S&P prevê alta de apenas 4,3 por cento no terceiro trimestre, mas crescimento de 11,4 por cento no quarto trimestre, segundo relatório da Fator.

Outro indicador importante serão as ofertas de ações, que começam a ser retomadas depois de suspensão em agosto e boa parte de setembro. Há mais de 30 empresas com registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e cinco com oferta em andamento.

Mas salvo grandes surpresas, investidores permanecem otimistas com relação às perspectivas para o mercado brasileiro e a possibilidade de o país atingir o grau de investimento em 2008.

“A estabilidade macroeconômica, o planejamento com horizontes mais longos e o juro em queda produziram mudanças na tendência de crédito do Brasil”, observou Marcelo Carvalho, economista-chefe do Morgan Stanley para o país, em relatório.

“Saindo de um nível relativamente baixo, o crédito como parte do PIB parece inclinado a crescer mais nos próximos anos, e em troca deve proporcionar importante sustentação doméstica para a expansão da economia”, complementou.

Para ler a agenda do dia, clique [nN02418628]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,810 real, em baixa de 1,36 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 1,191 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa avançou 3,1 por cento, a 62.340 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,4 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 3,92 por cento, aos 34.801 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) caiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros. O DI janeiro de 2009 foi a 11,20 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 11,22 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subiu para 134.063 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,59 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 2 pontos, para 175 pontos-básicos. O EMBI+ avançava a 202 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI ganhou 1,38 por cento, para 14.087 pontos. O Nasdaq .IXIC valorizou-se em 1,46 por cento, a 2.740 pontos. O índice S&P 500 .SPX elevou-se em 1,33 por cento, para 1.547 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento declinava a 4,55 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Silvio Cascione e Angela Bittencourt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below