3 de Julho de 2008 / às 11:06 / 9 anos atrás

PANORAMA1-BCE é destaque em véspera de feriado nos EUA

SÃO PAULO, 3 de julho (Reuters) - A zona do euro deve confirmar nesta quinta-feira um esperado aumento do juro diante das crescentes pressões inflacionárias.

Baseados em pistas dadas pelos próprios dirigentes do BCE, analistas esperam elevação da taxa em 0,25 ponto percentual, para 4,25 por cento. Se confirmada a expectativa, será o primeiro aumento patrocinado pelo Banco Central Europeu (BCE) em mais de um ano.

“Com a inflação sendo o dobro da meta de médio prazo do BCE, o banco parece ter concluído que chegou a hora de proteger sua credibilidade na luta contra a inflação”, afirmou Martin van Vliet, analista do ING.

A decisão, prevista para 8h45 (horário de Brasília), vai também ampliar o fosso entre entre o juro europeu e o norte-americano.

Nos Estados Unidos, a semana acaba com o importante relatório sobre postos de trabalho. Antes do feriado do Dia da Independência, o governo anuncia os dados de junho e a expectativa de Wall Street é de fechamento de 60 mil vagas.

No Brasil, o destaque da agenda macroeconômica é o IPC-Fipe de junho.

A inflação ao consumidor em São Paulo desacelerou menos que o esperado. O indicador subiu 0,96 por cento no mês passado, ante expectativa de alta de 0,90 por cento, de acordo com pesquisa da Reuters.

Em maio, o IPC-Fipe registrou avanço de 1,23 por cento.

Para a agenda do dia, clique [nN03460811]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,603 real, em baixa de 0,12 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,47 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 3,61 por cento, a 61.106 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,3 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 3,42 por cento, para 37.252 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,43 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 15,34 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 131,750 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,53 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 2 pontos, a 234 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 300 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI declinou 1,46 por cento, a 11.215 pontos. O Nasdaq .IXIC despencou 2,32 por cento, para 2.251 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve baixa de 1,82 por cento, aos 1.261 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento baixava para 3,97 por cento no final da tarde ante 4,01 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below