for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

ATUALIZA-Fechamento de vagas nos EUA é a maior em 5 anos e meio

(Texto atualizado com mais informações)

WASHINGTON, 3 de outubro (Reuters) - A economia norte-americana fechou 159 mil postos de trabalho em setembro, a maior queda no número de vagas em cinco anos e meio, marcando o nono mês consecutivo de redução dos empregos no país.

A taxa de desemprego ficou estável em 6,1 por cento.

O fechamento de vagas em setembro foi mais acentuado que o estimado por economistas de Wall Street consultados pela Reuters, que previam uma queda de 100 mil postos.

O relatório deve adicionar pressão sobre os membros da Câmara dos Deputados dos EUA, que votam nesta sexta-feira o pacote de ajuda ao sistema financeiro do país.

A queda de setembro segue o fechamento de 73 mil vagas em agosto, de acordo com dados revisados, e de 67 mil em julho.

Em setembro, cerca de 51 mil postos de trabalho no setor manufatureiro foram perdidos, seguindo o corte de 56 mil vagas em agosto, o que marca o 27o corte mensal de empregos no setor.

Autoridades do Departamento de Trabalho informaram que o furacão Ike, que atingiu a costa do Golfo, e a greve dos funcionários da Boeing não afetaram os dados.

Reportagem de Glenn Somerville

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up