for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Mesmo com apoio de Aécio e Pimentel a Lacerda, BH terá 2o turno

BELO HORIZONTE, 5 de outubro (Reuters) - Márcio Lacerda (PSB) terá de enfrentar Leonardo Quintão (PMDB) no segundo turno das eleições para a prefeitura de Belo Horizonte.

Com 98,67 por cento das seções apuradas, Lacerda teve 43,62 por cento dos votos válidos, e Quintão alcançou 41,23 por cento.

Apoiado pelo governador de Minas Gerais, o tucano Aécio Neves, e pelo prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), Márcio Lacerda teve vantagem confortável sobre os adversários durante a maior parte da campanha e sua vitória em primeiro turno chegou a ser cogitada.

Leonardo Quintão, por sua vez, arrancou na reta final e garantiu um segundo turno contra as principais forças políticas da capital mineira e do Estado.

Ambos da base de apoio ao governo federal, PSB e PMDB se enfrentam na principal cidade mineira, em uma disputa que promete atrair as atenções do país.

Texto de Mair Pena Neto, Edição de Natuza Nery

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up