November 7, 2007 / 9:35 PM / 11 years ago

PANORAMA2-Petróleo, dólar e crédito assombram bolsas nos EUA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 7 de novembro (Reuters) - A convergência de vários fatores negativos derrubou as ações norte-americanas nesta quarta-feira, arrastando junto a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e trazendo volatilidade para o mercado de câmbio no Brasil.

No momento mais tenso dos mercados no Brasil, os principais índices de Wall Street caíam 2 por cento. Na lista de preocupações estavam o petróleo perto de 100 dólares por barril, a queda global do dólar e o medo de novos problemas no setor financeiro por conta do mercado de crédito de alto risco.

“Há muito medo no mercado em relação à queda do dólar, e há as preocupações com o subprime (crédito de alto risco). Quando temos o petróleo a 100 dólares, eu acho que o consumidor vai reagir de forma exagerada e se retrair, o que vai impactar o mercado”, disse Ernest Csak, vice-presidente da Knight Equity Markets, em Jersey City, Nova Jersey.

O petróleo, na verdade, acabou fechando em queda em Londres e em Nova York. Mas, durante o dia, chegou a superar os 98 dólares por barril nos Estados Unidos. Na Europa, ações de companhias aéreas sentiram o baque de uma possível alta do combustível e tiveram queda generalizada.

A queda do dólar diante das principais moedas do mundo também incomodou os investidores. O euro EUR= superou 1,47 dólar, e a libra e o franco suíço operaram em níveis que não eram vistos há vários anos.

A baixa da moeda norte-americana foi acentuada nesta sessão por comentários de um importante parlamentar chinês, que disse que as reservas internacionais do país —que superam 1,4 trilhão de dólares— devem ter uma menor proporção da moeda.

O movimento do dólar no exterior contaminou o mercado de câmbio no Brasil e, junto com o fluxo positivo, ajudou a colocar a moeda em baixa durante parte da sessão. A maior aversão a risco —refletida na queda das bolsas— porém, prevaleceu sobre o dólar, que fechou em alta no país.

Na agenda econômica interna, dados do Banco Central mostraram que, em outubro, o país registrou fluxo cambial positivo de 6,722 bilhões de dólares. No ano, a entrada líquida de moeda já supera 76 bilhões de dólares.

O dado mais aguardado, no entanto, era o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que baliza a meta oficial de inflação. O índice subiu mais que o esperado em outubro, com alta de 0,30 por cento, e deu motivo para a cautela propalada pelo BC na última reunião sobre o juro.

O resultado teve efeito imediato sobre a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), onde a maioria das projeções de juros fechou em alta. A piora no exterior também deu combustível para o avanço.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,741 real, em alta de 0,29 por cento.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa fechou em queda de 1,55 por cento, a 63.500 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,9 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros recuou 3,84 por cento, aos 36.257 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiram na BM&F. O DI janeiro de 2009 fechou a 11,51 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 11,79 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, declinava para 133,6 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,6 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 7 pontos, a 191 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 210 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI fechou em forte queda de 2,64 por cento, a 13.300 pontos. O Nasdaq .IXIC caiu 2,70 por cento, para 2.748 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve desvalorização de 2,94 por cento, aos 1.475 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento declinava para 4,3 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Angela Bittencourt e Juliana Siqueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below