for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Boeing registra adiamentos de pedidos no mercado dos EUA

LONDRES (Reuters) - A fabricante de aviões Boeing viu uma série de seus pedidos adiados nos Estados Unidos neste ano com o setor de companhias aéreas enfrentando os desafios dos altos custo energéticos, afirmou um executivo sênior nesta quarta-feira.

Randy Tinseth, vice-presidente de marketing da Boeing Commercial Airplanes, afirmou que, além dos atrasos houve um cancelamento de pedido, mas ele frisou que o problema se restringe ao mercado dos Estados Unidos --que representa cerca de 10-11 por cento de suas vendas.

“Nós temos diversos atrasos no mercado norte-americano com as companhias aéreas procurando realizar reduções significativas de capacidade, mas nós estamos satisfeito com nossa diversidade regional. Nós não tivemos adiamentos em outras regiões”, disse ele a repórteres.

As ações da Boeing subiam perto de 0,5 por cento nesta quarta-feira.

Os custos de combustíveis saltaram neste ano com os preços recorde do petróleo, forçando diversas companhias a cortarem sua capicidade e a elevar as margens de proteção de altas nos combustíveis.

Mas Tinseth disse que a Boeing não espera que este clima duro persista --prevendo que o mercado de novos aviões cresça no longo-prazo.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up