23 de Outubro de 2007 / às 02:33 / 10 anos atrás

PANORAMA1-Mercado vai buscar pistas sobre juro na ata do Fed

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 9 de outubro (Reuters) - O ponto alto da terça-feira será a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, quando a autoridade monetária surpreendeu a maioria do mercado e cortou o juro norte-americano em 0,5 ponto. Investidores estarão atentos para ver se o Fed fornecerá algum sinal sobre o rumo da taxa nos próximos meses.

Na sexta-feira o mercado reduziu a aposta em nova redução da reunião no fim de outubro, depois de dados acima do esperado sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos. Dos 18 dealers primários consultados pela Reuters na sexta depois dos dados de emprego, 10 esperavam corte de 0,25 ponto este mês, frente a 12 que previam essa redução em 18 de setembro.

Mas o real motivo por trás da medida do Fed, os problemas dos mercados de crédito, ainda não está totalmente resolvido, embora existam muitos sinais de estabilização.

“Achamos que o Fed vai sugerir que mais fraqueza da economia é necessária para levar a novas medidas”, disse Ethan Harris, economista-chefe para Estados Unidos do Lehman Brothers.

O documento será divulgado às 15h (horário de Brasília).

Na Europa, o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, prestou depoimento no Comitê de Assuntos Econômico e Monetários do Parlamento Europeu e disse que a correção dos mercados deve continuar de forma ordenada, mas acrescentou que um cenário mais negativo não pode ser descartado.

Investidores também acompanharão nesta terça-feira o leilão de lotes de rodovias federais na Bovespa, previsto para começar às 14h.

Depois do fechamento de Wall Street, a Alcoa (AA.N) divulga o balanço do terceiro trimestre, mas a agenda esquenta mesmo só na semana que vem. Na sexta-feira, quando o mercado brasileiro estará fechado por conta do feriado, a General Eletric (GE.N) publica seu balanço.

Para ler a agenda do dia, clique [nN09345162]

Veja como encerraram os principais mercados nesta segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,819 real, em alta de 0,83 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,14 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 0,55 por cento, fechando aos 62.660 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,4 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 0,34 por cento, aos 35.079 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2008 subiu a 11,05 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 avançou a 11,26 por cento.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI teve variação negativa de 0,16 por cento, a 14.043 pontos, enquanto o Nasdaq .IXIC subiu 0,25 por cento, para 2.787 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibiu queda de 0,32 por cento, aos 1.552 pontos.

Reportagem adicional de Silvio Cascione

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below