9 de Maio de 2008 / às 19:31 / em 10 anos

CÂMBIO-Dólar toca patamar de R$1,70, mas cai após 4 dias de alta

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 9 de maio (Reuters) - O dólar encontrou um ponto de equilíbrio e, após subir por quatro dias seguidos, fechou em baixa nesta sexta-feira com a entrada de recursos no país.

A moeda norte-americana BRBY terminou o dia cotada a 1,686 real, com queda de 0,47 por cento.

A divisa superou 1,70 real logo no começo da sessão, mas a possibilidade de vender dólares no mesmo nível visto antes do grau de investimento aumentou a oferta da moeda no mercado.

Isso manteve o dólar em leve baixa durante a maior parte da sessão. A diminuição da ansiedade do mercado com possíveis medidas para conter a valorização do real contribuiu para tirar a pressão sobre o câmbio.

“Essa foi a pauta da semana”, disse Renato Schoemberger, operador da Alpes Corretora. “Mas acho que (o aumento) de tributação no IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) não vem”, disse, repetindo avaliação semelhante de outros agentes depois que o governo negou durante a semana que uma medida do tipo esteja em pauta.

Em Brasília, a atenção do mercado está voltada para as ações de política industrial a serem anunciadas na segunda-feira e para a criação de um fundo soberano.

Se por um lado as medidas de incentivo à exportação podem reforçar o superávit comercial no longo prazo, a montagem do fundo pode secar a oferta de dólares no curto prazo.

“O mercado fica aguardando a intensidade da entrada do Banco Central e do Tesouro para compor esse fundo”, disse Schoemberger. A idéia do governo, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, é que o fundo a ser criado até junho tenha inicialmente até 20 bilhões de dólares.

A oscilação do dólar passou ao largo da turbulência internacional. Em Nova York, as bolsas operavam em baixa e o risco Brasil subia com o menor apetite dos investidores por ativos menos seguros.

O BC esperou até o fim do dia para realizar o leilão de compra de dólares no mercado à vista. Na operação, a autoridade monetária aceitou ao menos uma proposta, segundo um operador, e definiu taxa de corte a 1,6914 real.

Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Cláudia Pires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below