9 de Outubro de 2008 / às 10:40 / em 9 anos

PANORAMA1-BC libera R$23,2 bi e EUA retomam venda a descoberto

SÃO PAULO, 9 de outubro (Reuters) - Os mercados brasileiros abrem a quinta-feira com a notícia de mais 23,2 bilhões de reais na economia, com mudanças no compulsório anunciadas pelo Banco Central na noite passada.

Se falta de liquidez é o principal problema derivado da crise global, é nesse sentido que o BC vem concentrando suas ações. Analistas saúdam as medidas, mas lembram que os pregões domésticos ainda estão muito à mercê do comportamento externo.

Depois de cair ao pior nível em 5 anos na véspera, apesar do corte coordenado de juros dos principais bancos centrais mundiais, o principal índice europeu de ações, o FSTEurofirst 300 .FTEU3 operava perto da estabilidade na manhã desta quinta-feira.

Nos Estados Unidos, espera-se com apreensão o fim da proibição da venda a descoberto de ações de mais de 950 companhias.

O BC brasileiro também já agendou para esta quinta-feira novo leilão de contratos de swap cambial que funcionam como uma venda futura de dólares ao mercado. Serão oferecidos até 34,7 mil contratos, divididos em dois vencimentos: dezembro deste ano e janeiro de 2009.

Para ver a agenda do dia, clique [nN09128020]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 2,294 reais, em queda de 0,74 por cento, depois de chegar a 2,53 reais no pregão eletrônico à vista da BM&F. O volume negociado no interbancário foi de 5,053 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa recuou 3,85 por cento, a 38.593 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 7,4 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros caiu 2,2 por cento, aos 17.820 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam sem tendência comum na BM&F. O DI janeiro de 2010 subiu a 14,91 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 caiu a 14,035 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 116.688 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 7,80 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 15 pontos, a 419 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 514 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI recuou 2 por cento, a 9.258 pontos. O Nasdaq .IXIC perdeu 0,83 por cento, para 1.740 pontos. O índice S&P 500 .SPX declinou 1,13 por cento, aos 984 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento subia para 3,68 por cento no final da tarde, ante 3,51 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below